RPPN_Ceará_Samuel Portela

A RPPN Serra das Almas, uma das unidades de conservação do Ceará. Foto: Samuel Portela/Divulgação


O projeto Conhecendo as Unidades de Conservação do Ceará deixa as áreas protegidas cearenses ao alcance de um clique. A iniciativa tem como objetivo dar visibilidade às unidades de conservação do estado e mostrar a sua importância, tanto sobre a biodiversidade que abrigam quanto os serviços ecossistêmicos que prestam. Também é possível navegar pelas áreas através de um mapa interativo ou fazer um tour fotográfico virtual pelas belas paisagens naturais cearenses.

No site, que pode ser acessado aqui, podem ser exploradas 8 seções. A 1ª apresenta o projeto e as seguintes explicam o que são unidades de conservação, quais seus objetivos e sua importância, inclusive para o desenvolvimento local. Uma das abas é exclusivamente dedicada às reservas particulares do patrimônio natural (RPPN). De acordo com os dados levantados pelo site, atualmente existem 35 RPPNs no Ceará, mais de um terço do total de unidades de conservação do estado, que são 84. Ao todo, as unidades cobrem 1.164.997,95 hectares do território cearense. Dessas, a mais famosa talvez seja o Parque Nacional de Jericoacoara (CE) e suas paisagens de dunas e praias desertas, mas definitivamente há muito mais para ser conhecido e visitado – o que pode ser conferido nas fotos disponíveis para um tour virtual das áreas protegidas.

O projeto, desenvolvido pela empresa espanhola Gis Conect com apoio da Secretaria do Meio Ambiente do Governo do Estado do Ceará, da Universidade Federal do Ceará, da Associação Caatinga e da escola de mergulho Mar do Ceará.

 

 

 

Comentários

comentários