represa Bilings_Foto prefeitura_divulgação

A represa Billings ganhou 2 UCs para apoiar sua conservação. Foto: Prefeitura de São Bernardo do Campo/Divulgação


O governo estadual de São Paulo oficializou a criação de duas novas unidades de conservação, ambas no entorno da represa Billings, na região do Grande ABC. O Parque Estadual Águas da Billings e a Floresta Estadual Montanhão irão reforçar a proteção do reservatório, responsável pelo abastecimento de 11% do estado. A instituição das unidades foi financiada com recursos de compensação ambiental pelo licenciamento do trecho sul do Rodoanel Mario Covas.

As duas áreas protegidas já haviam sido anunciadas em fevereiro, como noticiado na época pelo WikiParques, mas só foram oficializadas pelo governo paulista no final de março. O novo parque estadual abrangerá uma área de 187,6 hectares e a floresta terá cerca de 54 hectares e funcionará como um corredor ecológico entre o Águas de Billings e o Parque Natural Municipal do Pedroso (SP).

A implementação das unidades de conservação (UCs) corresponde à primeira fase do programa Pró-Billings, que tem como meta coletar e tratar 100% do esgoto do Grande Alvarenga até 2020, o que reduzirá em 700 metros cúbicos o volume de materiais despejados mensalmente na represa. Também faz parte do projeto a proposta de criar uma rede de trilhas interpretativas nas áreas protegidas e desenvolver um programa de educação ambiental. A regularização fundiária das novas unidades será responsabilidade da empresa Desenvolvimento Rodoviário (Dersa).

mapa novas UCs_SP

Mapa com as delimitações das novas áreas protegidas. Fonte: Secretaria de Meio Ambiente de São Paulo

 

*Com informações Prefeitura de São Bernardo do Campo 

 

 

 

Comentários

comentários