Estação Ecológica Bananal

Edição feita às 19h09min de 7 de agosto de 2019 por DudaMenegassi (disc | contribs)

(dif) ← Edição anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

Fique por dentro das novidades da Estação Ecológica Bananal no Blog do WikiParques



Estação Ecológica Bananal
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Sao Paulo
Município: Bananal
Categoria: Estação Ecológica
Bioma: Mata Atlântica
Área: 884 hectares
Diploma legal de criação: Decreto nº 26.890 de 12/03/1987
Coordenação regional / Vinculação: Fundação Florestal
Contatos:

Gestor: Thiago José Filete Nogueira
Endereço: Rodovia SP 247, km15 mais 10 km pela Estrada do Ariró-Bananal
–UF: SP
CEP: 128550-000
Telefone: (12) 3116-2008
E-mail: ec.bananal@fflorestal.sp.gov.br

Índice

Localização

A Estação Ecológica de Bananal está situada no município de Bananal nas coordenadas geográficas: Latitude 22º 15′ a 22º 37º S. Longitude 44º07′ a 44º22′ W, com 884 hectares totalmente regularizados.

Como chegar

Município: Bananal Rodovia SP-247, km 15 + 10 km pela estrada da Madeirith – Bairro Sertão do Ariró Distância de São Paulo: 362 km

Ingressos

Visitação somente para Educação Ambiental e realização de pesquisa científica mediante agendamento.

Visitação com agendamento prévio pelo e-mail: ec.bananal@fflorestal.sp.gov.br ou pelo telefone (12) 3116-2008 Horário: de segunda a domingo, das 8h às 17h Ingresso: grátis

Onde ficar

Existem pousadas e camping na área de entorno

Objetivos específicos da unidade

Tem como objetivo inicial a proteção dos remanescentes de Mata Atlântica do Estado de São Paulo. Protege os últimos remanescentes da Serra da Bocaina, o que confere alto grau de endemismo, servindo como área de pesquisa para diferentes profissionais da área de meio ambiente, alunos de graduação, pós-graduação e professores de diversas Universidades do País.

Histórico

A região da Serra da Bocaina, principalmente a porção voltada para o Vale do Rio Paraíba sofreu processo de degradação bastante acentuado desde a época cafeeira, onde a cidade de Bananal representou um dos grandes centros produtores.

Posteriormente, a região foi explorada para a produção de carvão vegetal que abastecia siderúrgicas locais, como a Siderúrgica Barbará localizada no município de Barra Mansa -RJ.

Desde então, a região passa por processo de completo abandono e atualmente sofre, ainda que em pequena escala, com o turismo desordenado e a especulação imobiliária.

Atrações

Conhecida como o paraíso das bromélias, abriga muitas espécies importantes de fauna. Lá se encontra, também, um trecho preservado de 800 metros da histórica trilha do ouro, um caminho de mais de 300 anos, construído por mão de obra escrava e todo calçado por rochas. Essa trilha possui atributos históricos culturais, sendo utilizada em atividades de educação ambiental.

Sugestões de passeio: Trilha da Cachoeira Sete Quedas, Trilha do Ouro e Trilha Mirante.

Aspectos naturais

Relevo e clima

A Estação Ecológica de Bananal localiza-se em uma região de relevo acentuado na Serra da Bocaina, que apresenta picos de até 2.132 metros. O clima da região pode ser caracterizado como subtropical úmido com três meses secos ao ano e precipitação média anual entre 1.250 e 1.500 mm.

A temperatura média anual varia entre 20º e 33ºC, Sendo que a temperatura média máxima absoluta varia de 36º a 38ºC e a média mínima absoluta em torno de 0º e 4ºC.

Fauna e flora

Fauna

Onça parda, anta, mono carvoeiro, saguí da serra escuro, bugiu, marsupiais, roedores, aves, répteis e anfíbios

Flora

Floresta ombrófila densa Montana, sub-montana e nebular

Problemas e ameaças

Fontes

Página da Fundação Florestal