APA SUL RMBH Região Metropolitana de Belo Horizonte



APA SUL RMBH Região Metropolitana de Belo Horizonte
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Minas Gerais
Município: Belo Horizonte
Categoria: Área de Proteção Ambiental
Bioma: Mata Atlântica
Área: 170.000 ha
Diploma legal de criação: Decreto Estadual 35.624/1994
Coordenação regional / Vinculação: Regional Centro-Sul
Contatos: Telefone: (32) 3052-1700

e-mail: ricardo.loschi@meioambiente.mg.gov.br

Índice

Localização

Endereço: Rua Freire de Andrade, 131 - Centro - Barbacena/MG - CEP 36.200-098

Como chegar

Existem várias maneiras de acessar a APA SUL RMBH, visto que ela abrange muitos municípios.

Ingressos

Onde ficar

Belo Horizonte, Ibirité, Brumadinho, Nova Lima, Caeté, Itabirito, Raposos, Rio Acima, Santa Barbara, Barão de Cocais, Catas Altas, Mário Campos e Sarzedo

Objetivos específicos da unidade

Preservar um dos maiores contínuos de mata nativa do Estado de Minas Gerais.

Histórico

A Região Metropolitana de Belo Horizonte, dotada de atributos bióticos, econômicos, culturais e estéticos significativos, destaca-se por sua vocação minerária, responsável pelo surgimento dos núcleos de população desde o Século 18.

A exploração econômica da mineração de ouro e, posteriormente substituída, em maior escala, pela mineração de ferro, é considerada como um dos vetores de expansão urbana, iniciada historicamente pelos municípios de Nova Lima e Brumadinho.

A demanda pela criação de uma Área de Proteção Ambiental (APA), na região sul de Belo Horizonte, partiu inicialmente de uma associação de proprietários de “residências de fins de semana” da localidade de São Sebastião das Águas Claras.

Atrações

Cadeias de montanhas e serras. Grandes porções de mata atlântica e cerrado. Região riquíssima em recursos hídricos.

Aspectos naturais

Na APA SUL RMBH estão presentes duas grandes bacias hidrográficas, a do Rio São Francisco e a do Rio Doce, que respondem pelo abastecimento de aproximadamente 70% da população de Belo Horizonte e 50% da população de sua região metropolitana.

A área possui uma das maiores extensões de cobertura vegetal nativa contínua do Estado, abrangendo regiões conhecidas como Caraça e Gandarela. Ocorrem aí as matas úmidas de fundos de vales e as matas de altitude e grandes formações rochosas. Estas características determinam inestimável valor em termos de biodiversidade.

O processo integrado de gestão de APA´s, com a participação efetiva do poder público Estado e Municípios componentes da área, e a sociedade civil (setor produtivo e associações civis), mediante Conselhos Consultivos, caracteriza a implantação dessa modalidade de Unidade de Conservação.

Relevo e clima

Relevo acidentado e o clima é quente e temperado. Existe uma pluviosidade significativa ao longo do ano. Mesmo o mês mais seco ainda assim tem muita pluviosidade. De acordo com a Köppen e Geiger a classificação do clima é Cfa. 20.5 °C é a temperatura média em Belo Horizonte. 1430 mm é a pluviosidade média anual.

Fauna e flora

Possui animais ameaçados de extinção, por exemplo, Lobo Guará e Onça-parda, alem da riquíssima diversidade da flora.

Problemas e ameaças

Caça, passarinheiro, mineração e ocupação irregular.

Fontes

Vivência na área

http://www.ief.mg.gov.br/areas-protegidas/apa-sul-rmbh