Estação Ecológica do Caiuá




Estação Ecológica do Caiuá
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Parana
Município: Diamante do Norte
Categoria: Estação Ecológica
Bioma: Campos Rupestres
Área: 1.427,30 ha
Diploma legal de criação: 30 de Junho de 1997, através do Decreto Estadual nº 3256.
Coordenação regional / Vinculação: Instituto Ambiental do Paraná
Contatos: Rod: PR 182 km 5

Diamante do Norte.

Fone: 44 – 3429-1494

Índice

Localização

Rod: PR 182 km 5

Diamante do Norte.

Fone: 44 – 3429-1494

Como chegar

O principal acesso se dá pela rodovia PR-182, procedente de Nova Londrina, que liga o Paraná ao Estado de São Paulo. Outro acesso possível à porção Leste da Unidade se dá pela PR-557 que procede do Município de Terra Rica. Também é possível a partir do Estado de São Paulo pela SP-669 até a divisa com o Estado do Paraná, onde se interliga com a PR-182

Ingressos

Terça a domingo e feriados: 8h às 16h30 Todas as visitas devem ser agendadas. Acontecem sempre com acompanhamento de um guia da unidade

Onde ficar

O local possui alojamentos (masculino e feminino), laboratórios de fauna e flora, sala de estudos, refeitório, auditório, museu com um “diorama” (representando a fauna e flora local) e herbário. Tem estacionamento gratuito. Vagas não cobertas.

Objetivos específicos da unidade

Pesquisa científica, educação ambiental, monitoramento e fiscalização

Histórico

Instituída oficialmente pelo decreto nº 4.389 de 21 de Novembro de 1994, com 1.427,30 hectares. A criação da EE do Caiuá representa a primeira medida compensatória no Estado do Paraná pela construção da Usina Hidrelétrica de Rosana, pertencente ao estado de Sao Paulo.

Atrações

Possui área de 1.449,4834 hectares e abriga diversas espécies de fauna e flora ameaçadas de extinção. Destaque para o tamanduá-mirim, tatu-galinha, macaco-prego, paca, preá, capivara, lontra, gato-do-mato, jaguatirica, biguá, garça-branca-grande, urubu-rei, gavião-tesoura e jacu

Aspectos naturais

A espécie arbórea mais expressiva é a peroba. Na fauna, a jaguatirica e o tamanduá-mirim e o urubu-rei são espécies importantes, por serem ameaçadas de extinção. Há uma proposta de ampliação da estação para englobar alguns fragmentos próximos.

Relevo e clima

Clima Subtropical Úmido Mesotérmico, verões quentes com tendência de concentração das chuvas (temperatura média superior a 22° C), invernos com geadas pouco freqüentes (temperatura média inferior a 18° C), sem estação seca definida.

Fauna e flora

Problemas e ameaças

Caça, pesca, uso de agrotóxicos, incêndios e falta de práticas conservacionistas do solo no entorno, BR-182, redes de alta tensão.

Fontes

Estação Ecológica do Caiuá

Estação Ecológica do Caiuá | Prof. Eduardo - Geografia http://geodados.wordpress.com/2009/07/14/estacao-ecologica-do-caiua/ Acesso em 26/05/2014

Estação Ecológica do Caiuá - Guia Gazeta do Povo http://guia.gazetadopovo.com.br/passeios/estacao-ecologica-do-caiua/525/ Acesso em 26/05/2014

Estação ecológica do Caiuá (Área I) - Diamante do Norte http://wikimapia.org/6082391/pt/Esta%C3%A7%C3%A3o-ecol%C3%B3gica-do-Caiu%C3%A1-%C3%81rea-I Acesso em 26/05/2014

Diamante do Norte - PR - Turismo Regional http://www.turismoregional.com.br/municipio-turistico/9/Diamante+do+Norte+-+PR Acesso em 26/05/2014