Floresta Nacional de Carajás

Fique por dentro das novidades da Floresta Nacional de Carajás no Blog do WikiParques


Floresta Nacional de Carajás
Esfera Administrativa: Federal
Estado: Para
Município: Parauapebas
Categoria: Floresta
Bioma: Amazônia
Área: 411.948 hectares
Diploma legal de criação: Criado em 2 de fevereiro de 1998 através do Decreto nº 2.486.
Coordenação regional / Vinculação: CR4 – Belém, órgão gestor ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade)
Contatos: RUA J, 202 Bairro União

PARAUAPEBAS/PA - CEP: 68 515 000

TELEFONE: (94)3328 1901/ 1906

E-mail: cooperturecarajas@gmail.com

Índice

Localização

A Floresta Nacional de Carajás está localizada na região Norte do Brasil, no Estado do Pará, nos Municípios de Parauapebas e Canaã dos Carajás.

Como chegar

De avião - Vôos regulares partem de Belém, Marabá e Belo Horizonte.

De carro/ônibus - Partindo de Marabá, seguindo para Parauapebas o vistante atravessa a Rodovia PA-275,

percorrendo aproximadamente 3 horas de viagem.

Ingressos

Todas as visitações são feitas a partir de programação junto à Cooperativa de Ecoturismo de Carajás -

COOPERTURE, entidade autorizada pelo ICMBio a conduzir visitantes no interior da Floresta Nacional de Carajás.

Onde ficar

Em Parauapebas há diversos hotéis de diferentes padrões.

Objetivos específicos da unidade

Pesquisa, a lavra, o beneficiamento, o transporte e a comercialização de recursos minerais.

Histórico

Atrações

A floresta tem como atrativos: Cachoeira de Águas Claras; Caverna Ferríferas; Complexo Industrial de Mineração, observação de Aves, Trilhas na floresta, Canoagem nos rios do interior da flora; Vegetação de Canga _ única do planeta; Parque Zoobotânico; Serra Azul; Lagoas Fluviais; Camping.

Aspectos naturais

A região é conhecida pela sua riqueza mineral, que atraiu milhares de pessoas, principalmente na década de 80. No interior da floresta, ocorre a realização de pesquisas científicas, trabalhos de conservação, visitação e proteção. Além disso, tem atividades de observação de aves, pesquisas envolvendo a arara-azul e o gavião-real.

Essa Unidade de Conservação tem o maior projeto de mineração do Brasil, onde são diariamente exploradas toneladas de Ferro, Ouro, Manganês, Granito e Cobre.

Relevo e clima

O clima da região da Floresta dos Carajás pode ser definido como tropical chuvoso com seca no inverno. Tem temperatura média anual em torno de 21 a 22ºC.

Essa Unidade de conservação apresenta um pequeno maciço xistoso mineralizado e apresenta topos quase planos, com altitudes que variam de 620 a 660 m de altitude no máximo.

Fauna e flora

A Flona de Carajás apresenta-se como a mais conhecida unidade de conservação do sudeste do Pará. Além deste, a Flona de Carajás ainda comporta a Mina de Manganês do Azul, a já desativada Mina de Ouro Igarapé-Bahia e a Mina de Granito.

Além da floresta ombrófila possui um ecossistema rupestre nos afloramentos de minério chamado de savana metalófila com diversos geoambientes com destaque para lagoas doliniformes em altitudes superiores a 600 metros e cavernas em formação ferrífera.

Problemas e ameaças

Fontes