Floresta Nacional do Amapá

Fique por dentro das novidades da Floresta Nacional do Amapá no Blog do WikiParques


Carregando mapa...
Floresta Nacional do Amapá
Esfera Administrativa: Federal
Estado: Amapa
Município: Amapá (AP), Calçoene (AP), Ferreira Gomes (AP), Porto Grande (AP), Serra do Navio (AP), Tartarugalzinho (AP), Pracuúba (AP)
Categoria: Floresta
Bioma: Amazônia
Área: 460.352,61 hectares
Diploma legal de criação: Decreto nº 97.630, de 10 de abril de 1989
Coordenação regional / Vinculação: Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio

CR4 - Belém.

Contatos:

Gestor da Unidade: Érico Emed Kauano
Endereço da Unidade: Rodovia Juscelino Kubitscheck, km 02 - UNIFAP - Bloco de Ciências Ambientais, sala 04
CEP: 68902200
Bairro: Marco Zero
UF: AP
Cidade: Macapá
Site:
Telefone: (96) 32341555
E-mail: flonaamapa.ap@ibama.gov.br

Índice

Localização

Como chegar

São duas as principais vias de acesso à Floresta Nacional do Amapá, ambas envolvendo transporte fluvial e terrestre (Figura 2.13): pelos municípios de Porto Grande, subindo o rio Araguari (50km), e de Serra do Navio, pelo ramal do Porto da Serra. O acesso mais comum é feito saindo da capital, Macapá, percorrendo 114km pela BR-156, até a chegada ao Município de Porto Grande. A partir de Porto Grande, a via de acesso à UC é exclusivamente fluvial: navega-se pelo rio Araguari até sua confluência com o rio Falsino. Esse trajeto possui 50km e pode durar de duas a três horas em função da sazonalidade determinada pelo regime de chuvas, tamanho embarcação e potência do motor. No período de estiagem, que se estende entre os meses de setembro a dezembro, as corredeiras e lajes dos rios possibilitam apenas o trânsito de pequenas embarcações e em menor velocidade.

O acesso ao Município de Porto Grande também pode ser feito por ônibus, visto que a região possui serviço regular para transporte de passageiros e cargas. O transporte fluvial de Porto Grande até a FLONA pode ser feito em embarcação própria ou fretada. As embarcações utilizadas são leves e feitas de madeira (canoas ou batelões) ou de alumínio (voadeiras), com motores de popa ou rabeta.

A segunda alternativa de acesso é pela região sudoeste da FLONA, por meio de uma região conhecida como ramal do Porto da Serra. Para chegar a este ramal, situado às margens do rio Araguari, percorre-se aproximadamente 30km em veículo 4x4, em um trajeto que dura em média duas horas partindo do Município de Serra do Navio. Este ramal é uma estrada vicinal localizada na divisa do Projeto de Assentamento Serra do Navio e que, durante o período de chuvas, fica bastante precária. A partir deste ponto, o acesso à UC só é possível por via fluvial, também pelo rio Araguari. Não há serviço de transporte público para a localidade Porto da Serra.

Ingressos

Onde ficar

Objetivos específicos da unidade

Conforme seu Decreto de Criação (Decreto № 97.630, de 10 de abril de 1989), a Floresta Nacional do Amapá tem por objetivo promover o uso múltiplo dos recursos naturais de forma a permitir a geração permanente de bens e serviços passíveis de serem oferecidos por essa UC.

Histórico

A Floresta Nacional do Amapá foi a primeira Unidade de Conservação de Uso Sustentável criada no Estado do Amapá. Está inserida nos municípios de Ferreira Gomes, Pracuúba e Amapá que, somados aos municípios de Porto Grande, Serra do Navio, Tartarugalzinho e Pedra Branca. É a quinta maior UC do Amapá.

Na região da Floresta Nacional existem duas unidades de conservação que compreendem grande parte do seu entorno: o Parque Nacional (PARNA) Montanhas do Tumucumaque (localizado na porção noroeste da FLONA) e a Floresta Estadual do Amapá (FLOTA). Além das UCs, compõem o entorno projetos de assentamento do INCRA.

Atrações

Aspectos naturais

Relevo e clima

A região da Floresta Nacional do Amapá encontra-se sob o domínio do Clima Tropical Quente-Úmido, com chuvas em todas as estações do ano. Possui uma estação seca de curta duração, sendo o índice pluviométrico no mês mais seco (outubro) igual ou superior a 60mm. Todo o Estado do Amapá é dominado por um regime de altas temperaturas e a temperatura média é em torno de 25º-26ºC, sendo que as médias das máximas e mínimas em Serra do Navio, município mais próximo à FLONA que apresenta dados disponíveis, são de 32º e 22ºC, respectivamente. O período chuvoso estende-se de dezembro a julho e, o de estiagem, de agosto a novembro, sendo que o mês de outubro é o que apresenta maiores temperaturas, enquanto o período de fevereiro a abril apresenta temperaturas mais amenas. A precipitação média anual na região de Serra do Navio é de 2.284mm, segundo o Atlas Climatológico do Estado do Amapá.

A maior parte da Floresta Nacional do Amapá tem baixas altitudes, entre 50 e 160m. Áreas com maior altitude, contudo, são registradas na parte noroeste e leste da UC, entre 160 e 200m. Há ocorrência das maiores altitudes, porém, na parte sul da FLONA (com picos de até 460m). Há, ainda, ocorrência de afloramentos rochosos que se projetam no interior da floresta. Esses afloramentos merecem maiores estudos por estarem, muitas vezes, relacionados à ocorrência de espécies bastante particulares.

Fauna e flora

A Floresta Nacional do Amapá apresenta seis tipos de formações vegetacionais: Floresta Ombrófila Aberta, Floresta Ombrófila Aberta Submontana, Floresta Ombrófila Densa Aluvial, Floresta Ombrófila Densa Submontana com dossel emergente, Floresta Ombrófila Densa Submontana com dossel uniforme e Floresta Ombrófila Densa de Terras Baixas com dossel emergente.

Problemas e ameaças

Mineração

Fontes

ICMBio

Plano de Manejo Flona Amapá Volume 1 [1]

Plano de Manejo Flona Amapá Volume 2 [2]