Parque Estadual Charapucu

O Parque Estadual Charapucu foi criado em 2010 e protege espécies de animais como a onça pintada, o peixe boi, urubu rei e o macaco caiarara. A rede fluvial do parque é composta por rios de água branca, que carregam sedimentos do Rio Amazonas e rios de água preta, cuja nascente se encontra dentro dos limites do Parque.


Parque Estadual Charapucu
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Para
Município: Afuá
Categoria: Parque
Bioma: Amazônia
Área: 65.181,84 hectares
Diploma legal de criação: Decreto Estadual n° 2.592, de 09 de novembro de 2010.
Coordenação regional / Vinculação: Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará
Contatos: Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará

Telefone: (91) 3184-3614 // (91) 3184-3605

Unidade de Conservação Parque Estadual Charapucu Telefone: (91) 3110-5727

Índice

Localização

Município de Afuá, no Arquipélago do Marajó, Pará.

Como chegar

O Acesso à ilha Charapucu ocorre via fluvial ou por pequenas aeronaves. A partir de Belém, são aproximadamente dois dias de viagem, através de linhas fluviais regulares de passageiros e cargas até a cidade de Afuá. Outra opção é via Macapá, com aproximadamente seis horas de viagem pela Baía do Vieira.

Ingressos

Aberto para visitação o ano inteiro, de 8h às 18h.

Onde ficar

Objetivos específicos da unidade

Preservar os ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico. Visa também contribuir para a manutenção dos serviços ambientais, bem como garantir os processos ecológicos naturais.

Histórico

O Parque Estadual Charapucu foi criado em 2010 e é a única unidade de conservação na categoria de proteção integral da APA Marajó. Corresponde a uma Zona Núcleo, atendendo a um dos critérios estabelecidos pelo Órgão das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), para o reconhecimento internacional do Arquipélago do Marajó como Reserva da Biosfera.

Atrações

Aspectos naturais

A rede fluvial do parque é composta por rios de água branca, que carregam sedimentos do Rio Amazonas e rios de água preta, cuja nascente se encontra dentro dos limites do Parque.

Relevo e clima

Planícies aluviais e baixos terraços sujeitos a inundações periódicas. Apresenta a característica singular de inundar-se, todos os anos, com maior ou menor intensidade. As características climáticas gerais são definidas pôr sua posição geográfica, pois está entre o Equador e a dois graus de latitude sul, e pelas chuvas, que são muito abundantes, principalmente nos meses de janeiro a junho.

Fauna e flora

Localizada na porção noroeste do arquipélago, o Parque Estadual Charapucu é representado principalmente por florestas de várzeas e igapós. Floresta ombrófila densa aluvial (várzea alta e várzea baixa e campos naturais alagados). Com destaque para a espécie Virola surinamensis ameaçada de extinção e muito explorada na área e Euterpe oleracea de exploração desordenada. A vegetação exuberante da unidade de conservação abriga espécies típicas do ambiente inundado de várzea do Marajó onde podemos destacar a presença de espécies ameaçadas como a sucupira amarela (Diplotropsis martiiusi – categoria “Em perigo”) e a virola (Virola surinamensis – categoria “Vulnerável”).

Entre as espécies de fauna, a área protege espécies de animais como a onça pintada, o peixe boi, urubu rei e o macaco caiarara. Estudos sobre a biodiversidade local já registraram a presença de 35 espécies de anfíbios, 77 de répteis, mais de 30 espécies de mamíferos, mais de 300 espécies de aves, incluindo diversas espécies novas para a ciência, algumas endêmicas e outras ameaçadas de extinção, em diferentes categorias.

Espécies enedêmicas de peixes: Satanoperca acuticeps, Anchovia surinamensis, Crenicichla strigata, Ilisha amazônica, Limatulichthys punctata , Monocirrhus polyacanthus, Pellona castelnaeana, Satanoperca acuticeps

Problemas e ameaças

Fontes

http://sistemas.mma.gov.br/portalcnuc/rel/index.php?fuseaction=portal.exibeUc&idUc=2042

http://sistemas.mma.gov.br/cnuc/index.php?ido=relatorioparametrizado.exibeRelatorio&relatorioPadrao=true&idUc=2042

https://www.semas.pa.gov.br/diretorias/areas-protegidas/parque-estadual-do-charapucu/