Parque Estadual da Ilha Anchieta

Fique por dentro das novidades do Parque Estadual da Ilha Anchieta no Blog do WikiParques


Parque Estadual da Ilha Anchieta
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Sao Paulo
Município: Ubatuba
Categoria: Parque
Bioma: Mata Atlântica
Área: 821,84 hectares
Diploma legal de criação: Decreto nº 9629, de 29/03/1977
Coordenação regional / Vinculação: Fundação para Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo
Contatos:

Gestor da Unidade: Priscila Saviolo Moreira
Endereço da Unidade: Av. Plínio de França, nº 85
CEP: 11680000
Bairro: Píer Saco da Ribeira
UF: SP
Cidade: São Paulo
Telefone da UC: (12) 38329059
E-mails da UC: pe.ilhaanchieta@fflorestal.sp.gov.br, peianchieta@yahoo.com.br

Índice

Localização

Como chegar

O acesso principal por meio terrestre é feito pelo Píer Marina do Saco da Ribeira, situado na Avenida Plínio de França, 85 -Saco da Ribeira,Ubatuba,SP, CEP: 11.680-000. A Marina está localizada próxima ao quilometro 62 da Rodovia Rio Santos.

O acesso principal marítimo dista 4,3 milhas náuticas (8Km), a partir da Marina Píer do Saco da Ribeira, Baia do Flamengo, percurso que demora em torno de 30 a 50 minutos por meio de embarcação.

O transporte de visitantes é feito por embarcações do tipo escuna, que saem de diversos locais como: Marina Kauai, Píer Marina do Saco da Ribeira e Praia do Itaguá. Durante a temporada de verão, também é possível embarcar nos seguintes locais: Praia do Lázaro, Praia da Enseada e Praia das Toninhas.

Ingressos

Valor Geral: R$ 13,00
Isentos de pagamento: Menores de 12 e maiores de 60 anos de idade; Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida; Escolas públicas de primeiro e segundo graus e ensino técnico em visita com finalidade educativa, autorizado pela Unidade; Frequentadores rotineiros e moradores do entorno, mediante apresentação de comprovante de residência, e/ou cadastro autorizado pelo responsável da Unidade;
Cobrança de meia entrada: Estudantes legalmente identificados; Professores da rede pública estadual e das redes municipais de ensino.

Onde ficar

Não há meios de hospedagem

Objetivos específicos da unidade

Finalidade de assegurar a integral proteção aos recursos naturais, bem como para a instalação de laboratório com objetivos científicos, especialmente os destinados ao incentivo da maricultura.

Histórico

A Ilha Anchieta, assim denominada a partir de 1934, era conhecida inicialmente como Ilha do Porcos. Essa Ilha foi palco de importantes acontecimentos da história brasileira. No século XVI a Ilha foi habitada por Indios da tribo Tupinambás, chefiada pelo cacique Cunhambebe, remontando mais de cinco séculos de ocupação. Atualmente, o Parque Estadual da Ilha Anchieta (PEIA) é um dos principais atrativos históricos e ecoturisticos de Ubatuba.

Sua parte histórica, tombada pelo CONDEPHAAT, possui mais de 2.000 m² de edificações conservadas, juntamente com as ruínas antigo Presídio, Quartel e Vila Civil pertencentes à Colônia Correcional do Porto das Palmas. Em 1945 o Grupo Shindo Renmei foi recolhido à Ilha como prisioneiros políticos. Funcionou como presídio para presos comuns até 1955, quando aconteceu uma grande rebelião de presos. Em 29 de março de 1977 por meio de decretos e leis 9.629, a Ilha se transforma em Parque Estadual da Ilha Anchieta.

Atrações

Com 828 hectares, sete praias o Parque Estadual Ilha Anchieta é a segunda maior ilha do Litoral Norte de São Paulo. Além de ser um dos principais pontos turísticos de Ubatuba, o Parque Estadual Ilha Anchieta protege as riquezas naturais, preserva o rico patrimônio histórico-cultural representado pelas ruínas do presídio e suas instalações.

Transformado em Unidade de Conservação em 1977, o local possui grande história conservada em mais de 2000 m² de construções arquitetônicas. A fauna terrestre conta com mais de 50 espécies de aves como: sabiás, juritis, tangarás, tiês-sangue, saíras, gaivotas; grande variedade de répteis e anfíbios, além de capivaras, pacas, cotias, macacos, tatus, quatis, gambás e lagartos, entre outros.

  • Principais Atrativos

Trilha do Saco Grande Distância: 2.600 m
Dificuldade: Média
Passa pelas Ruínas do Quartel e da Vila Militar, palcos da rebelião dos presos em 1952. Avistamento de pequenos mamíferos da fauna introduzida e espécies de pássaros silvestres. Termina no costão rochoso com vista para o mar aberto.

Trilha do Engenho

Distância: 1.000 m
Dificuldade: Média
Mata Atlântica em regeneração, passando pelo mirante do Boqueirão. Existe a Piscina Natural formada por grandes rochas de granito. Seu ponto final é na Praia do Engenho, com águas transparentes e alta diversidade de espécies marinhas. De areias escuras, formada por decomposição de rochas, é um local onde o mergulho é permitido sem nadadeiras.

Trilha Subaquática

Distância: 350 m
Dificuldade: Média
Mergulho pelo Costão Rochoso com uma rica e complexa comunidade biológica. Local fácil de avistar os principais organismos marinhos como as estrelas do mar, coral cérebro, diferentes tipos de algas, anêmonas, poliquetas e peixes.

Trilha da Represa

Distância: 750 m
Dificuldade: Baixa
Passa por onde existia a Vila Civil e pela Casa de Máquinas. Sobe em meio à Mata Atlântica em regeneração, passando pelo Mirante Passado e Presente. Termina na represa que armazena a água produzida pela Floresta e distribui para geração de energia e abastecimento para consumo.

Trilha da Praia do Sul

Distância: 2.200 m
Dificuldade: Média
Vegetação de Restinga e Floresta Ombrófila Densa, passando pelos mirantes Costão das Palmas, e Biodiversidade. Temina na Praia do Sul, boa para a prática de mergulho autônomo, com fundo composto de rochas e areia. A fauna e flora é abundante e variada, com corais, esponjas, algas, tartarugas, budiões, arraias-prego, garoupas, badejos e peixes coloridos. Existem cercos flutuantes, para pesca artesanal por pescadores tradicionais

  • Outros atrativos

Quartel

Local onde era usado para guardar as armas dos soldados que trabalhavam no presídio. Foi neste lugar que iniciou a grande rebelião de presos de 1952.

Presídio

Ruínas da Colônia Correcional do Porto das Palmas, cujo projeto das edificações foi de autoria do Arquiteto Ramos de Azevedo.

Praia das Palmas

Situada na planície arenosa coberta com vegetação de restinga. Praia de areia branca, águas calmas e cristalinas. Bom para banho de sol, prática de esporte na areia e de natação.

Praia do Leste

Boa para a prática de mergulho, é abrigada e pouco profunda, sendo indicada para snorkeling e mergulhadores iniciantes. No local foi submersa uma estátua de Jacques Cousteau a 9 m de profundidade. Feita de concreto, ela tem 1,80 de altura e 380 kg de peso. Acesso somente de barco.

Aspectos naturais

Ecossistema marinho e ecossitema terrestre do Bioma Mata Atlântica representada pela Floresta Ombrófila Densa, Restinga e Vegetação de Costões Rochosos.

Relevo e clima

A Região apresenta clima tropical úmido sem estação seca. A temperatura média mensal mais alta da UC. ocorre em fevereiro, com 25,0º e em contrapartida no mês de inverno de 20,0º C.

Fauna e flora

Fauna

A fauna terrestre conta com mais de 50 espécies de aves como: sabiás, juritis, tangarás, tiê-sangue, saíras, gaivotas. Grande variedades de répteis e anfíbios.Em 1983 foram introduzidos animais do ecossistema continental como capivaras, pacas, cotias, macacos, tatus, quatis, gambás, lagartos entre outros.

Flora

A vegetação do bioma Mata Atlântica possui características de floresta secundária, em diversos estágios de recuperação. Apresenta espécies como: aroeira, ingá ferradura, capixingui, guapuruvu, figueira, Jerivá, capororoca, embaúba, jacatirão, araçá e outras.

Problemas e ameaças

Fontes

Página doparque Estadual da Ilha Anchieta no Sistema Ambiental Paulista
Cadastro no CNUC