Parque Estadual da Lapa Grande



Carregando mapa...
Parque Estadual da Lapa Grande
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Minas Gerais
Município: Montes Claros
Categoria: Parque
Bioma: Cerrado
Área: 7000 hectares
Diploma legal de criação: Decreto nº 44.204, de 10 de janeiro de 2004.
Coordenação regional / Vinculação: É administrado pelo IEF (Instituto Estadual de Florestas) sob responsabilidade da coordenadoria de áreas protegidas do Escritório Regional Norte em conjunto com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa)
Contatos: Parque Estadual da Lapa Grande

e-mail: parqueestadualdalapagrande@gmail.com
Fone contato: (38)32247550 - IEF Regional Norte
Endereço do Parque: Estrada do Alfeirão - Km 04

Sede administrativa:
IEF - Escritório Regional Norte
Endereço:
José Corrêa Machado, s/n - Bairro Ibituruna, Montes Claros/MG, CEP 3224-7500
e-mail: aneliza.melo@meioambiente.mg.gov.br

Índice

Localização

Localiza-se dentro do município de Montes Claros.
Coordenadas geográficas; Portaria do Parque - 16°42'8.76"S 43°54'57.98"W

Como chegar

Saindo de Belo Horizonte:
- Pegue a Av. Afonso Pena, Av. do Contorno, MG-050, Av. Pres. Juscelino Kubitschek e Av. Vereador Cicero Idelfonso até BR-040/BR-135
20 min (9,9 km)
- Siga a BR-135 até R. Alagoas em Montes Claros
4 h 51 min (413 km)
- Pegue a R. Nossa Sra. da Consolação e R. Amazonas até Av. Ovídio de Abreu em Centro
6 min (2,6 km)



A partir de Montes Claros, instruções via Google Maps:
https://www.google.com/maps/d/viewer?mid=1-Fj7EtGdbv9EY7KFz7V3bbuLyiw

Ingressos

- Dias úteis: (isento)
- Sábado, Domingo e feriados nacionais e/ou estaduais: R$ 5,00 (cinco reais)

- Passeio de bicicleta (previamente cadastrado): R$ 5,00 (cinco reais)

Crianças com até 5 anos é isenta das taxas de entrada apresentando documentação. Estudantes e maiores de 60 anos, com a devida documentação, pagam meia entrada para visita no Parque.

Onde ficar

O Parque Estadual da Lapa Grande não possui local de estadia, porém fica situado próximo ao perímetro urbano da cidade de Montes Claros que possui ampla estrutura pra receber seus visitantes.

Objetivos específicos da unidade

Proteger e conservar o complexo de grutas e os principais mananciais de fornecimento de água para a comunidade de Montes Claros - MG.

Histórico

O Parque Estadual da Lapa Grande foi criado através do decreto nº 44.204.46 de 10 de janeiro de 2006, com o objetivo de proteger os mananciais de grutas e conservar as riquezas naturais ali presentes.

Antes do Parque se tornar uma área de preservação, existiam naquela região várias fazendas agropecuárias e alguns carvoeiros.

O acervo histórico do parque está representado principalmente em fazendas históricas como a Lapa Grande e Quebradas. A Lapa Grande se destacada, pois já nos primórdios da história de Montes Claros era local de exploração de salitre, enquanto nas Quebradas, com o implantação da linha férrea, o trânsito de cargas de mantimentos para as cidades próximas se fez por essa fazenda, através da chamada estrada cavaleira, existente até hoje. Fatos esses que contribuíram para o desenvolvimento do município.
Além da visita do presidente Juscelino Kubistschek, o qual deixou sua homenagem gravada no Parque.

jk.jpg


A Unidade possui grande importância para a preservação do Patrimônio Natural, Arqueológico, Cultural e Histórico de Minas Gerais, abrigando sítios naturais com cavidades, sítios a céu aberto, formações espeleológicas raras, como as em formato de pérolas gigantes. Entre os vestígios arqueológicos e paleontológicos já identificados cientificamente, há ocorrência de cerâmicas, restos faunísticos, restos vegetais e ossos humanos datados de mais de 8 mil anos, além das mais de 1000 pinturas e gravuras rupestres encontradas na Lapa Pintada.

Atrações

O Parque Estadual da Lapa Grande possui diversas grutas e nascentes, assim como atividades de ciclismo, trekking e 4 trilhas a pé: Trilha da Lapa Pintada, Trilha do Boqueirão da Nascente, Trilha da Ponte de Pedra, e a principal, Trilha da Lapa Grande, todas abertas ao público.

Aspectos naturais

De acordo com a gerente de turismo da Prefeitura de Montes Claros, Gal Bernardo, a área é preservada e possui mais de mil pinturas rupestres e aproximadamente 60 grutas, sendo 50 catalogadas, contando com o Complexo Lapa Grande com mais de 3km de extensão de caverna, além de matas ciliares e nascentes.

Relevo e clima

O ponto de menor altitude no parque é aos 680 metros e a maior é 1038 metros acima do mar. Sua maior ocorrência das altitudes fica entre 800 metros e 960 metros acima do nível do mar, correspondendo a uma área de 68,79% da área total do parque.
O clima é seco e quente, caracterizado como subúmido-úmido fronteira com subúmido-seco, a temperatura média anual da cidade de Montes Claros é de 24,20°C e o índice médio pluviométrico anual de 1.074 mm.

Fauna e flora

A vegetação predominante é o cerrado e a floresta decidual (conhecida como mata seca) , típicas da região. As espécies vegetais mais comuns são: jatobá, ipê, tabaco, favela, barbatimão, pequi, aroeira, angico, pau d'óleo, cedro, sucupira branca.
Dentre os animais existentes no parque podemos destacar o tamanduá-mirim, onça parda, lobo guará, seriema, joão-de-barro, gambá, mico estrela, morcego, veado, tatu, calango, cascavel, teiú.

Problemas e ameaças

Uma das principais ameaças ao bioma do Cerrado de Mata Seca é a sua alta concentração de árvores de grande interesse econômico, ricas em madeiras apreciadas pelo mercado, por isso é alvo da extração madeireira. Outra ameaça iminente se dá pela alta taxa de queimadas que acometem esse tipo de vegetação por conta da folhagem seca e o clima árido da típicos da região.
Com boa parte de sua zona de amortecimento inserida dentro da cidade de Montes Claros, o parque se torna vulnerável ao turismo desordenado, sobretudo de ciclistas e caminhantes.

O Parque Estadual da Lapa Grande ainda não possui um plano de manejo oficial, apenas um Plano de Manejo emergencial publicado em maio de 2015. A Portaria Nº 175 de 19 de novembro de 2013 estabelece normas para a regulamentação da visitação no Parque Estadual da Lapa Grande - PELG até a publicação do seu Plano de Manejo.
O PELG também já possui um projeto de ampliação de sua área em mais de 5000 hectares em andamento burocrático.

Fontes

Cadastro no IEF, disponível em: http://ief.mg.gov.br/instituicao/281?task=view Acessado em 20 de junho de 2016

Blog oficial do Parque Estadual da Lapa Grande, disponível em: http://pelapagrande.blogspot.com.br/ Acessado em 20 de junho de 2016

Blog Visita ao Parque Estadual da Lapa Grande pelo curso de Pedagogia da Unimontes, disponível em: http://6pedagogiaunimontes.blogspot.com.br/ Acessado em 20 de junho de 2016

http://www.oeco.org.br/reportagens/2255-oeco_27718/
.
Veloso, A. R., Nery, C. V. M., & Santo Agostinho-FASA, F. (2011). Geoprocessamento aplicado à caracterização do Parque da Lapa Grande em Montes Claros/MG. XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto-SBSR, 3711. Disponível em: http://www.dsr.inpe.br/sbsr2011/files/p0706.pdf