Parque Estadual de Montezuma

Fique por dentro das novidades do Parque Estadual de Montezuma no Blog do WikiParques


Carregando mapa...
Parque Estadual de Montezuma
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Minas Gerais
Município: Montezuma
Categoria: Parque
Bioma: Cerrado
Área: 1.743,2060 hectares
Diploma legal de criação: Decreto sem número, de 28 de setembro de 2007
Coordenação regional / Vinculação: Instituto Estadual de Florestas - IEF/MG
Contatos:

Índice

Localização

Como chegar

Ingressos

Onde ficar

Objetivos específicos da unidade

Proteger a fauna e a flora regionais, as nascentes dos rios e córregos da região, e criar condições para o desenvolvimento de pesquisas e estudos de modo a conciliar, harmoniosamente, o uso científico, educativo e recreativo com a preservação integral e perene do patrimônio natural.

Histórico

Atrações

Entre os atrativos naturais, destaca-se a grande beleza cênica dos vales e paredões rochosos, que dão à área um enorme potencial turístico.

Aspectos naturais

O Parque está inserido na bacia do Rio Pardo, o maior curso d´água do extremo Norte de Estado, na divisa com a Bahia. Abriga o Ribeirão da Tábua é o principal curso d"água e dos maiores formadores do Rio Pardo e manancial de fornecimento d'água para o município de Montezuma.

A vegetação da área de planalto é de cerrado e campos de altitude. Nos vales, encontram-se áreas de transição entre o cerrado e a caatinga.

Relevo e clima

Localizado no norte do Estado, com clima semi-árido, o Parque Estadual de Montezuma tem prolongados períodos de seca. A área é constituída de um platô, relativamente plano, com altitude de cerca de mil metros, entrecortado por vales que formam escarpas, terraços e várzeas.

Fauna e flora

Problemas e ameaças

Fontes

Página do IEF