Parque Nacional do Iguaçu

Fique por dentro das novidades do Parque Nacional do Iguaçu no Blog do WikiParques


Carregando mapa...
Parque Nacional do Iguaçu
Esfera Administrativa: Federal
Estado: Parana
Município: Capanema, Capitão, Leônidas Marques, Santa Lúcia, Lindoeste, Santa Tereza do Oeste, Diamante do Oeste, Céu Azul, Matelândia, Ramilândia, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinhde Itaipu e Foz do Iguaçu
Categoria: Parque
Bioma: Mata Atlântica
Área: 185.162 hectares
Diploma legal de criação: Decreto n° 1.035, de 10 de janeiro de 1939.
Coordenação regional / Vinculação: Parna federal, órgão gestor ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade)
Contatos: Tel: (45) 3521-8383

Endereço sede:
BR 469, Km 18, Pq. Nacional do Iguaçu
CEP: 85.570-970
Email: parnaiguacu@icmbio.gov.br / contato@catarataspni.com.br

Índice

Localização

O parna abrange 14 municípios: Capanema, Capitão, Leônidas Marques, Santa Lúcia, Lindoeste, Santa Tereza do Oeste, Diamante do Oeste, Céu Azul, Matelândia, Ramilândia, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinhde Itaipu e Foz do Iguaçu.

Como chegar

Existem inúmeras companhias aéreas que operam na cidade de Foz do Iguaçu.

Ingressos

O parque está aberto diariamente das 9h às 17h e pode ser visitado durante o ano todo. Os meses de menor fluxo de visitantes são junho e julho.

Valor do ingresso integral para adultos a partir de 12 anos é R$ 40

Menores de 12 anos de idade e maiores a partir de 60 anos são isentos de taxas.

O brasileiros obtêm 50% de desconto do valor integral (R$ 20), já cidadãos do Mercosul pagam R$ 30.

Além disso, o transporte dentro da UC custa R$ 7.

Onde ficar

Existem muitas agências de turismo e uma grande rede hoteleira em Foz do Iguaçu que oferecem muitas possibilidades de hospedagem.

Objetivos específicos da unidade

Proteger amostra do bioma mata atlântica e conservação da paisagem das Cataratas do Iguaçu.

Histórico

A área abriga grande quantidade de sítios arqueológicos. A origem da palavra Iguaçu é indígena-guarani e significa "água grande". O Parque Nacional do Iguaçu foi incluído na "lista dos Patrimônios Naturais da Humanidade", em Novembro de 1986.

Historicamente foi cenário das missões jesuítas para a catequese dos Tupi-Guaranis, posteriormente os Bandeirantes paulistas expulsaram os jesuítas espanhóis, permanecendo assim sob o domínio de Portugal toda aquela região.

A UC foi o segundo parque nacional a ser criado no Brasil.

As rochas do Parna do Iguaçu se originaram de processos vulcânicos – chamado vulcanismo de fendas que ocorreu na região entre aproximadamente 165 a 120 milhões de anos. Unido pelo rio Iguaçu ao Parque Nacional Iguazú, na Argentina, o Parque integra o mais importante contínuo biológico do Centro-Sul da América do Sul, com mais de 600 mil hectares de áreas protegidas e outros 400 mil em florestas ainda primitivas.

Atrações

As Cataratas do Iguaçu estendem-se numa frente semicircular de 2.700 metros de extensão, dos quais 800 metros estão do lado brasileiro e 1.900 metros do lado argentino. São compostas por um número variado de saltos e quedas que oscilam entre 150 e 270, de acordo com o volume de água do rio.

A altura máxima das quedas é de 80 metros. Os saltos têm nomes próprios como Floriano, Deodoro, Benjamim Constant, mas, o mais famoso é a Garganta do Diabo.

- Cataratas do Iguaçu: são formadas pelas quedas do rio Iguaçu, que em tupi-guarani significa água grande. Percorre 18 quilômetros antes de juntar-se ao rio Paraná.

O rio Iguaçu mede 1.200 metros de largura acima das cataratas. Abaixo, estreita-se num canal de até 65 metros. A largura total das Cataratas no território brasileiro é de aproximadamente 800 metros e, no lado argentino, de 1.900 metros. A altura das quedas varia de 40 a 80 metros.Dependendo da vazão do rio, o número de saltos varia, atingindo um número superior a 100 nos períodos de média vazão.

São 19 saltos principais, cinco deles do lado brasileiro e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos, com a maior parte deles no lado argentino e voltados para o Brasil, proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil.

- Trilha do Poço Preto: a trilha relembra o caminho que os índios da região usavam para contornar as Cataratas do Iguaçu. São 9 kms que podem ser feitos com caminhada, bicicleta ou carro elétrico. A trilha é realizada com guias bilíngues que falam sobre a fauna e flora do Parque Nacional do Iguaçu.

- Trilha das Bananeiras: uma caminha de 1,5 km, que pode ser feito à pé ou em veículo elétrico. É possível avistar pequenas lagoas onde são encontrados pássaros de hábitos aquáticos e exuberante vegetação.

Aspectos naturais

O Parque Nacional do Iguaçu foi a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, em 1986.

A UC abriga as Cataratas do Iguaçu que está no extremo oeste do Paraná, na bacia hidrográfica do rio Iguaçu, a 17 km do centro de Foz do Iguaçu e az fronteira com a Argentina.

É uma das maiores reservas florestais da América do Sul e apenas a parte onde ficam as Cataratas está liberada à visitação. A unidade abriga a maior remanescente da floresta Atlântica.

Relevo e clima

O clima da região é temperado, sem estação seca, com temperatura média anual entre 18ºC e 20ºC. As são chuvas frequentes o ano todo e abundantes.

Fauna e flora

A fauna é bastante diversificada e apresenta mais de 340 espécies de aves, 50 espécies de mamíferos, 60 de répteis, 12 de anfíbios e 700 de borboletas. Das 70 espécies de peixes estimadas para os rios, foi identificada pouco mais da metade.

É possível observar a presença de um expressivo número de espécies da avifauna associadas aos ambientes da vertente atlântica, como a jacutinga, a jandaia, o surucuá-de-peito-azul, o tucano-de-bico-verde, o flautim e a saíra-sete-cores.

Há ainda a presença do grimpeirinho – uma espécie endêmica da Floresta Ombrófila Mista –, enquanto o tucunaçu e o arapaçu-do-cerrado representam exemplos de aves típicas do Cerrado.

Muitas dessas espécies – aves como macuco, jacutinga e cisqueira, mamíferos como o guariba, a onça pintada, a lontra, a onça parda e o gato do mato maracajá – já estão incluídas em listas de fauna ameaçada de extinção e dependem da conservação do seu habitat no Parque Nacional do Iguaçu.

O Parque Nacional do Iguaçu abriga a maior e mais importante área de floresta Estacional Semidecídua (floresta tropical subcaducifolia) do país.

Problemas e ameaças

Próximo à UC, existem duas usinas termoelétricas – Granja Colombari e Unidade Industrial de Aves, além da usina hidroelétrica Baixo Iguaçu. A sonstrução e operação de infraestruturas tem um alto impacto a médio prazo.

Fontes

http://observatorio.wwf.org.br/unidades/cadastro/291/

http://www.brasil.gov.br/localizacao/parques-nacionais-e-reservas-ambientais/parque-nacional-do-iguacu-2013-pr

http://www.icmbio.gov.br/parnaiguacu/

http://www.icmbio.gov.br/parnaiguacu/guia-do-visitante.html

http://ecoviagem.uol.com.br/brasil/parana/parque-nacional/iguacu/