Reserva Particular do Patrimônio Natural Santuário Ecológico Sonhem



https://www.google.com/maps/dir//-15.5511018,-47.8363668/@-15.5518249,-47.8371571,359m/data=!3m1!1e3

Reserva Particular do Patrimônio Natural Santuário Ecológico Sonhem
Esfera Administrativa: Particular
Estado: Distrito Federal
Município: Sobradinho (DF)
Categoria: Reserva Particular do Patrimônio Natural
Bioma: Cerrado
Área: 126 hectares
Diploma legal de criação: Portaria 89-N - DOU 199-E - 18/10/1999 - seção/pg. 1/176
Coordenação regional / Vinculação:
Contatos:

Índice

Localização

DF 206 - Km 26

Como chegar

A RPPN fica localizada dentro da propriedade,não havendo autorização para acesso.

Ingressos

Não possui (não permite visitação).

Onde ficar

Objetivos específicos da unidade

Histórico

Antigamente, a Fazenda Recreio Mugy produzia leite e possuía uma área de recreação com pesque e pague, piscina e campo de futebol, além de uma grande churrasqueira que funcionava como restaurante.

Hoje, a fazenda possui cerca de 300 cabeças de gado, porém só produz queijo para consumo próprio. Não recebe mais visitantes, estando com suas áreas de recreação fechadas.

RPPN Santuário Ecológico Sonhem é a mais extensa do Distrito Federal, com 126ha de vegetação nativa. A Reserva foi criada em 1999 através da Portaria 89-N-DOU 199-E – 18/10/1999 – seção/pg. 1/176. O local foi considerado Área de Interesse Ambiental no Plano Diretor de Ordenamento Territorial do Distrito Federal (PDOT) – 2009.

Atrações

O acesso para a Reserva é restrito sendo somente possível por dentro da Fazenda, que não é mais aberta ao público como já o foi.

Aspectos naturais

Córrego Sonhem, que passa pela reserva, junto com o Córrego da Grana, que se juntam ao Rio Maranhão.

Relevo e clima

Relevo acidentado

Fauna e flora

A fauna da reserva é preservada e diversificada. Há a presença de paca, tatu bandeira, tamanduá, macacos, veados campeiros, onças, cobras. A flora é preservada e apresenta estrutura de mata de galeria e cerradão, mais afastado do curso d’água.

Problemas e ameaças

Fontes

SIMRPPN