Mais 126 animais silvestres são devolvidos à natureza na Área de Proteção Ambiental de Murici (AL). Foto: IMA/AL

Mais 126 animais silvestres são devolvidos à natureza na Área de Proteção Ambiental de Murici (AL). Foto: IMA/AL


Nessa quinta-feira (25/01), a Área de Proteção Ambiental de Murici (AL) devolveu à natureza 126 animais, entre aves, répteis e mamíferos. A ação foi realizada pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Foram soltos 1 raposa, 1 preguiça, 2 porcos-espinhos, 3 jibóias, além de dezenas de aves: 1 coruja-de-igreja, 1 caburé, 9 caboclinhos, 5 sanhaços-de-coqueiro, 54 canários-da-terra, 27 papa-capins, 12 jesus-de-meu-deus, 29 sibites, 10 patativas, 12 sanhaços-cinza, 1 sete-cores, entre tantas outras.

Todos os animais soltos passaram por tratamento no Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS/IMA/Ibama). Eles chegam lá por meio de resgate ou entrega voluntária. Muitos foram levados com ferimentos graves, claramente provocados pelas pessoas que os capturaram. 

Os técnicos que atuam no Centro ressaltam que qualquer pessoa pode fazer a entrega de animais silvestres. 

O IMA pede que a população não retire da natureza nenhum animal silvestre. Em caso de aparecimento de animal em residência, denúncia de captura ou de manutenção em cativeiro, devem entrar em contato com o Batalhão da Polícia Ambiental (BPA) através dos números 3315-4325 ou 98833-5879. Também é possível realizar a denúncia diretamente ao IMA/AL através do Canal Verde (0800 082 1523), pelo formulário do site ou pelo aplicativo IMA Denuncie.

Mais 126 animais silvestres são devolvidos à natureza na Área de Proteção Ambiental de Murici (AL). Foto: IMA/AL

Mais 126 animais silvestres são devolvidos à natureza na Área de Proteção Ambiental de Murici (AL). Foto: IMA/AL

Mais 126 animais silvestres são devolvidos à natureza na Área de Proteção Ambiental de Murici (AL). Foto: IMA/AL

Mais 126 animais silvestres são devolvidos à natureza na Área de Proteção Ambiental de Murici (AL). Foto: IMA/AL

 

*Com informações do IMA-AL

 

 

 

Comentários

comentários