Lagoa de Araruama, Araruama, Rio de Janeiro.

Lagoa de Araruama, Araruama, Rio de Janeiro.

A cidade de Araruama (RJ), através de sua Secretaria Municipal de Ambiente, e a Secretaria de Estado de Ambiente (SEA-RJ) têm trabalhado a fim de tornar possível a criação de Unidades de Conservação (UC) em várias áreas do município.

Esta parceria técnica é uma iniciativa do Programa de Apoio às Unidades de Conservação Municipais (ProUC) da SEA-RJ que visa aumentar o tamanho e a qualidade das áreas destinadas à conservação da biodiversidade no Estado do Rio de Janeiro. Para isso, o programa desenvolve e emprega mecanismos de apoio à criação e gestão de unidades de conservação municipais.

O secretário de ambiente de Araruama, Alan Tavares, anunciou as áreas de conservação em andamento: “Atualmente já existem duas Áreas de Proteção Municipais em fase de plano de manejo: APA de Igarapiapunha, em Iguabinha, e APA de Boa Vista. Estão em fase de georreferenciamento as áreas de entorno da Pontinha do Outeiro (restinga), entorno do Complexo Educacional Darcy Ribeiro (manguezal), final da Pontinha e Praia dos Amores (restinga), entorno da Aldeia dos Ventos (restinga), mata ciliar do Rio Salgado (manguezal) e a área entre Iguabinha e Iguaga Grande (restinga).”, afirmou o secretário.

 

 

Comentários

comentários