Vem Passarinhar no Parque Estadual da Ilha Grande. Foto: Ana Giulia

Vem Passarinhar no Parque Estadual da Ilha Grande. Foto: Ana Giulia

Neste final de semana, todos os olhos dos visitantes do Parque Estadual de Ilha Grande (RJ) estavam voltados para os céus em busca de um espiada ou uma clique da exuberante avifauna do parque. Assim foi a mais recente edição do Vem Passarinhar RJ que, segundo dados da organização, levou cerca de 200 pessoas à unidade de conservação (UC) para participar de atividades voltadas à observação de aves.

Em dois dias, o evento registrou mais de 15 espécies de aves. Dentre elas, algumas ameaçadas de extinção como o chauá (Amazona rhodocorytha) e o macuco (Tinamus solitarius). Também foi avistada a araponga (Procnias nudicollis), espécie em situação vulnerável e característica da Mata Atlântica.

Nos dias 28 e 29 de outubro, a unidade de conservação já havia recebido uma palestra sobre a fauna e ambiente da Ilha Grande, além de atividades infantis, como parte da programação do evento.

O Vem Passarinhar RJ é um evento organizado pelo INEA (Instituto Estadual do Ambiente), órgão responsável pela gestão das UCs estaduais e nelas procura estimular a observação de aves. A programação começou em janeiro na Reserva Biológica Estadual de Guaratiba (RJ) e passou por outras 10 Unidades de Conservação estaduais. Está previsto para encerrar o ano no Parque Estadual do Cunhambebe (RJ), nos dias 10 e 11 de dezembro.

Imagem: Ana Giulia e Pedro

Imagem: Ana Giulia e Pedro

Foto: Ana Giulia

Foto: Ana Giulia

Foto:Ana Giulia

Foto:Ana Giulia

 

 

 

Comentários

comentários