Observação de aves em parques estaduais de São Paulo é um dos destaques do Avistar. Foto: Adriano Albuquerque/WikiParques


Nesta sexta-feira (18), terá início a 13ª edição do Avistar Brasil, em São Paulo. Nos 3 dias de duração, a grande ênfase da programação, como sempre, será a observação de aves e o turismo em unidades de conservação. Mas a extensa lista de atividades também inclui palestras, exposições, feiras, lançamento de livros e de aplicativos, além de oficinas voltadas para crianças.

Um dos destaques será o lançamento do Passaporte Aves de São Paulo, uma iniciativa conjunta da Fundação Florestal, do Instituto Butantan e da SAVE Brasil, que promoverá a observação de aves e o uso público nas unidades de conservação estaduais por meio do programa Vem Passarinhar SP. O passaporte lista 11 parques, como o Parque Estadual da Serra do Mar (SP), destacando as aves e a rica biodiversidade que pode ser encontrada em cada um deles.

Outro lançamento será o da versão em português do aplicativo Merlin, uma ferramenta para identificação instantânea de aves a partir de fotos tiradas no celular. O banco de dados da plataforma contará com mais de 300 mil imagens de espécies da avifauna brasileira para apoiar o reconhecimento.

Durante os 3 dias do Avistar, estará em exibição uma exposição com os registros do fotógrafo naturalista Haroldo Palo Júnior, que faleceu em novembro do ano passado. Na mostra estarão algumas de suas fotos de natureza clicadas em mais de 30 países por onde ele passou. A criançada também será contemplada no evento durante o Avistar Kids, que trará oficinas, atividades com pintura e caminhadas de educação ambiental.

O evento será realizado no Instituto Butantan, na capital paulista, e a entrada é gratuita. Para conferir a programação completa do evento acesse este link.

 

*Com informações Governo do Estado de São Paulo

 

 

 

Comentários

comentários