Um casal de periquitos cara-suja, espécie ameaçada de extinção deve ganhar refúgio no Ceará. Foto: Fábio Nunes/OEco


A Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará (SEMA) irá realizar no dia 30/05, quarta-feira, a 1ª consulta pública para debater a criação do Refúgio de Vida Silvestre Periquito Cara-Suja (CE), no município de Guaramiranga. A audiência apresentará aos moradores e atores locais a proposta da unidade de conservação que tem como objetivo proteger uma das áreas de ocorrência do periquito cara-suja (Pyrrhura griseipectus), espécie endêmica e criticamente ameaçada de extinção.

A categoria refúgio de vida silvestre é de proteção integral e tem a missão de assegurar condições para a existência ou reprodução de espécies ou comunidades da flora local e da fauna. O periquito cara-suja possui uma distribuição restrita, pois depende de sensíveis serras verdes (ou parcialmente secas) isoladas pela árida vegetação da Caatinga. Sua principal área de ocorrência é a Área de Proteção Ambiental da Serra de Baturité (CE). A ave é endêmica do nordeste, mas devido à destruição do seu habitat e ao tráfico ilegal de animais silvestres atualmente ela ocorre apenas no Ceará.

A reunião começa às 09h00, no IFCE – Campus Guaramiranga (Rua Cel. Francisco Matos Brito 203 – Centro, Guaramiranga). A consulta pública é aberta para toda a comunidade, além de órgãos ambientais, entidades públicas federais, estaduais e municipais, organizações não governamentais (ONGs), proprietários de terras.

Periquitos cara-suja em revoada. Foto: Fábio Nunes/OEco

 

*Com informações da SEMA-CE

 

 

 

Comentários

comentários