Cerca de 200 ciclistas participaram do I Passeio Ciclístico da Estação Ecológica Bananal. Foto: Fundação Florestal/Divulgação


No último domingo (04/08), a Estação Ecológica Bananal (SP) recebeu cerca de 200 participantes durante o I Passeio Ciclístico Estação Ecológica Bananal. Os ciclistas percorreram um caminho de 18 km por entre rios, florestas, fazendas e estradas da região que levaram até o Centro Histórico da cidade de Bananal, onde está localizada a área protegida. Antes da pedalada, voluntários fizeram o plantio de 250 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica.

As mudas foram doadas pela organização socioambiental AMOVALE e foram plantadas no Galpão do Sindicato Rural de Bananal. Para realizar o evento, a Estação Ecológica contou com o apoio do Subprojeto Conexão Bananal, ligado ao Projeto Conexão Mata Atlântica, que fomenta a conversão das práticas produtivas, de cadeias sustentáveis de produção e o pagamento por serviços ambientais, além da melhoria na efetividade de gestão da área protegida. Os recursos para a realização do evento foram oriundos da Global Environment Facility (GEF).

O gestor da unidade de conservação, Thiago José Filete Nogueira, destacou a importância da mobilização social em prol do meio ambiente e do turismo ecológico em áreas protegidas. A Estação Ecológica Bananal ajuda a proteger um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica do estado de São Paulo e está aberta a visitação. Os principais atrativos são a Trilha da Cachoeira Sete Quedas, Trilha do Ouro e Trilha do Mirante. A estação pode ser visitada gratuitamente de segunda a domingo, das 08h00 às 17h00.

*Com informações da Fundação Florestal de São Paulo

 

 

 

Comentários

comentários