Parque Nacional da Chapada Diamantina. Foto: Marcello Azevedo


Após 11 dias de mobilização intensa, o incêndio no Parque Nacional da Chapada Diamantina (BA) foi extinto. As chamas foram controladas na segunda-feira (22/10), mas ainda havia um foco isolado de turfa, que é um tipo de fogo subterrâneo, geralmente ocorrido por queima de matéria orgânica. Este foco foi prontamente combatido pelos brigadistas e em sobrevoo de monitoramento realizado ontem (24/10), o fogo foi oficialmente declarado extinto.

Estavam envolvidos no combate mais de 100 brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Além da brigada do Parque, havia reforços do  IBAMA, Grupo Ambientalista do Torto (GAT), Parque Nacional de Brasília (DF) e dezenas de brigadistas voluntários da região. As equipes realizavam o trabalho desde o dia 13 de outubro. A operação também contou com 4 aeronaves air tractor e 1 helicóptero de apoio.

O fogo se concentrou na região sul do Parque, na região da Chapadinha e teve origem fora da unidade. Foram consumidos, aproximadamente, 3 mil hectares de vegetação. Apesar da extinção do fogo, a equipe do parque permanece sob constante vigilância a fim de evitar novos focos ou a reignição em áreas por onde o fogo já passou.

 

*Com informações do ICMBio

 

 

 

Comentários

comentários