Editando Reserva Extrativista Chapada Limpa

Ir para navegação Ir para pesquisar

Aviso: Você não está conectado. Seu endereço IP será visível publicamente se você fizer alguma edição. Se você fizer login ou criar uma conta, suas edições serão atribuídas ao seu nome de usuário, juntamente com outros benefícios.

A edição pôde ser desfeita. Por gentileza, verifique o comparativo a seguir para se certificar de que é isto que deseja fazer, salvando as alterações após ter terminado de revisá-las.

Esta página suporta marcações semânticas no texto (por exemplo, "[[Is specified as::World Heritage Site]]") para construir conteúdo estruturado e recuperável por consultas providas pelo Semantic MediaWiki. Para uma descrição completa sobre como utilizar marcações ou a função #ask, por favor, leia as páginas de ajuda: primeiros passos, marcação no texto ou consultas embutidas.

Revisão atual Seu texto
Linha 1: Linha 1:
  
{{Parks
+
== {{Parks
|Introducao=  A reserva Extrativista Chapada Limpa está situada em uma área de transição entre o cerrado, caatinga e Amazônia, abrigando espécies importantes para o ecossistema desses biomas. Também se localiza no estado do Maranhão, no município de Chapadinha e possui aproximadamente 11.971 hectares.  
+
|Introducao=  A Reserva Extrativista Chapada Limpa é uma unidade de conservação federal do Brasil categorizada como reserva extrativista. Foi criada por Decreto Presidencial em 26 de setembro de 2007 e possui uma área de 11.971 hectares localizada no município de Chapadinha, na região do rio Munim, no estado do Maranhão.
 +
  A área possui extrema importância para a sobrevivência de diversos seres vivos, por ser uma área de transição entre cerrado, caatinga e região Amazônica.
  
Tem como atividades principais o agroextrativismo realizado pelas comunidades tradicionais, tendo o bacuri como seu principal produto extrativista. Além deste, há a extração de babaçu, buriti, juçara e bacaba.
+
  Coordenadas: 3º 56' 25" S 43º 30' 53" O
Além da ação agroextrativista, também é presente a agricultura de arroz, feijão, milho e outros. Todos esses produtos naturais servem de subsistência e fonte de renda para essas populações regionais.
 
 
 
'Coordenadas: 3º 56' 25" S 43º 30' 53" O
 
 
    
 
    
 
|Administration=Federal
 
|Administration=Federal
Linha 22: Linha 20:
 
|Objectives=  O objetivo da reserva é proteger o modo de vida dos extrativistas e população tradicional, além do uso sustentável do cerrado.Também busca pôr fim a um longo período de tensão social na região, entre fazendeiros e camponeses.
 
|Objectives=  O objetivo da reserva é proteger o modo de vida dos extrativistas e população tradicional, além do uso sustentável do cerrado.Também busca pôr fim a um longo período de tensão social na região, entre fazendeiros e camponeses.
 
   
 
   
|History=  
+
|History= Em janeiro de 2006, o Ibama recebeu um abaixo-assinado da associação comunitária do Povoado do Juçaral, que deu início à solicitação de criação desta unidade de conservação. O Centro Nacional de Populações Tradicionais e Desenvolvimento Sustentável (CNPT) realizou várias visitas técnicas na região, para elaborar os estudos necessários que caracterizassem o potencial da área em se tornar uma unidade de conservação. Estes estudos apontaram a adequação sócio-ambiental da área para se tornar uma reserva extrativista. Então foi a reserva foi criada por decreto federal assinada pelo presidente Lula em 26 de setembro de 2007.
  A solicitação inicial para a criação da reserva extrativista se deu a um abaixo-assinado realizado pelo povo do Juçaral. Isso chamou a atenção por parte do governo, que transferiu ao Centro Nacional de Populações Tradicionais e Desenvolvimento Sustentável (CNPT) o encargo de realizar vistorias técnicas da região, para estudar o potencial da área em se tornar uma nova unidade de conservação. Através desses estudos, concluiu-se que a área seria apta a uma reserva extrativista, então realizou-se uma consulta pública da população de Chapadinha, onde toda a sociedade teve a oportunidade de opinar a respeito da criação de uma unidade de conservação na área.
+
  A Reserva Extrativista Chapada Limpa é a quinta reserva extrativista do estado do Maranhão e a primeira no bioma cerrado dentro do estado.
 
 
A proposta alcançou a ministra do meio ambiente da época ditada (Marina Silva), que encaminhou-a para a presidência pública, dando a oportunidade do então presidente Lula criar um decreto presidencial em 26 de setembro de 2007, efetivando a criação da unidade de conservação.
 
 
 
O estado do Maranhão recebeu então sua quinta reserva extrativista e primeira de bioma predominante sendo o cerrado.  
 
 
 
|Sources=http://www.icmbio.gov.br/portal/unidadesdeconservacao/biomas-brasileiros/cerrado/unidades-de-conservacao-cerrado/2103-resex-chapada-limpa
 
|Sources=http://www.icmbio.gov.br/portal/unidadesdeconservacao/biomas-brasileiros/cerrado/unidades-de-conservacao-cerrado/2103-resex-chapada-limpa
  
Linha 34: Linha 27:
  
 
http://redecerrado.blogspot.com/2007/10/cerrado-ganha-primeira-reserva.html
 
http://redecerrado.blogspot.com/2007/10/cerrado-ganha-primeira-reserva.html
}}
+
}} ==

Por favor, note que todas as suas contribuições em WikiParques podem ser editadas, alteradas ou removidas por outros contribuidores. Se você não deseja que o seu texto seja inexoravelmente editado, não o envie.
Você está, ao mesmo tempo, a garantir-nos que isto é algo escrito por si, ou algo copiado de alguma fonte de textos em domínio público ou similarmente de teor livre (veja Wikiparques:Direitos de autor para detalhes). NÃO ENVIE TRABALHO PROTEGIDO POR DIREITOS DE AUTOR SEM A DEVIDA PERMISSÃO!

Cancelar Ajuda de edição (abre numa nova janela)

Predefinição usada nesta página: