07112016-livro-capa

Em agosto deste ano, a editora Novas Edições Acadêmicas (NEA) lançou o livro Potencial para a gestão compartilhada de Unidades de Conservação, obra que aborda o histórico das unidades de conservação (UC) no país, a necessidade de aperfeiçoar a conservação ambiental e o incentivo à educação ambiental por meio de parcerias entre as esferas pública e privada. De autoria das doutoras em Gestão Ambiental Dayane May e Leila Maranho, o material é resultado de três anos de pesquisas realizadas no Parque Estadual do Monge (PR) e na Reserva Particular do Patrimônio Natural Mata do Uru (PR).

A obra conclui que firmar parcerias público-privadas é fundamental para efetivar ações nas UCs, visto que oportunizam iniciativas locais e fomentam a responsabilidade social nessas áreas protegidas. “Essa integração pode aprimorar a gestão das Unidades de Conservação, mediante a execução de projetos que se destinam ao incentivo e execução da proteção ambiental e promoção do desenvolvimento sustentável, bem como à realização de estudos, pesquisas científicas, práticas de educação ambiental, monitoramento, manutenção e outras atividades correlatas”, explica a professora Leila Maranho.

A pesquisa foi realizada com apoio do Instituto Positivo e a Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental – SPVS. O livro de 104 páginas está disponível nas lojas da Amazon, da More Books e  da própria editora.

Ficha Técnica

Livro: “Potencial para a gestão compartilhada de Unidades de Conservação”
Autoras: Dayane May e Leila Maranho
Editora: Novas Edições Acadêmicas (NEA)
Idioma: Português
Número de páginas: 104

 

 

 

Comentários

comentários