Desde 2013, atividades didáticas são realizadas na estação ecológica. o livro é a reunião destas experiências. Foto: Acervo/ICMBio)


Lançado em junho, o livro Estação Ecológica da Serra das Araras: pesquisa de campo como estratégia de ensino de Biologia traz em suas páginas a rica diversidade biológica encontrada na Estação Ecológica da Serra das Araras (MT). A publicação utiliza as atividades didáticas realizadas na unidade de conservação pelos acadêmicos do curso de Ciências Biológicas do Campus de Tangará da Serra, da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

Desde 2013, a universidade promove atividade didáticas na a estação ecológica. As aulas campo foram organizadas pelos professores Nelson Antunes de Moura e Elinez da Silva Rocha, ambos doutores em Ecologia, como parte prática das disciplinas de Ecologia de Comunidades, Populações e Instrumentação para o ensino de Biologia, apoiado pelo chefe da unidade, Marcelo Leandro Feitosa de Andrade.

Livro lançado em junho. Foto: Nelson Moura/ICMBio


As pesquisas realizadas pelos acadêmicos apresentadas no livro descrevem a biodiversidade de animais, plantas e fungos em vários pontos da Estação Ecológica da Serra das Araras.

Segundo Marcelo Leandro, a unidade tem trabalhado para que seja utilizada como laboratório em aulas de campo e demais atividades didáticas no ensino superior. “Consequência disso é que a Estação Ecológica da Serra das Araras atualmente representa uma importância na região, como uma das UCs mais pesquisadas no Estado de Mato Grosso e, também, uma das poucas no Brasil que possui um programa de visitação com objetivo educacional planejado e estruturado, onde recebe centenas de alunos universitários anualmente e vem contribuindo para a formação profissional de diversos alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Engenharia Florestal e Geografia das universidades da região”, ressalta.

 

*Com informações da Comunicação ICMBio

 

 

 

Comentários

comentários