Ciclistas reunidos_Divulgação MoNa Serra das Torres_1

Ciclistas reunidos na primeira ação para elaborar o circuito. Foto: Divulgação/Monumento Natural Serra das Torres


As estradas rurais da região sul do Espírito Santo, onde está localizado o Monumento Natural Estadual Serra das Torres (ES), não são estranhas aos pneus de bicicletas. De olho na vocação ciclística da unidade que gerencia, o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IEMA), elaborou a proposta de um circuito de cicloturismo. Ou melhor, “ecocicloturismo”, termo cunhado pela equipe do projeto para traduzir a alma ambiental do percurso que contorna os limites da unidade de conservação capixaba.

O trajeto total ainda não está definido, mas a estimativa é de que o circuito ultrapasse a marca dos 120 quilômetros. Ele irá dar a volta completa pela parte externa do MONA aproveitando estradas rurais já existentes em sua zona de amortecimento, que contempla os municípios de Atílio Vivácqua, Mimoso do Sul e Muqui. A proposta é de que o percurso seja subdividido em três roteiros: Marapé (Atílio Vivácqua) x Muqui passando pela Fortaleza; Muqui x Mimoso do Sul; e Mimoso do Sul x Marapé.

De acordo com a equipe do IEMA, o processo ainda está em fase de concepção. “Está sendo elaborada uma proposta de guia em formato digital para o primeiro roteiro entre Marapé (Atílio Vivácqua) e Fortaleza”, informou o órgão gestor das unidades de conservação estaduais. Assim que a etapa de planejamento do circuito completo estiver pronta, o objetivo é viabilizar placas, portais e até um modelo de passaporte para que os ciclistas possam carimbar a prova dos quilômetros pedalados no MONA.

Ciclista no trecho_Divulgação MoNa Serra das Torres_2

Foto: Divulgação/Monumento Natural Serra das Torres


O primeiro passo – ou melhor, pedalada – para implementação do projeto foi dado no último dia 16, em uma oficina de cicloturismo com a presença de cerca de 20 ciclistas. Na ação, o grupo percorreu o que primeiro trecho do percurso, com aproximadamente 16,5 quilômetros, que vai de Atílio Vivácqua em direção a Fortaleza, no município de Muqui. A próxima ação coletiva para implementação do percurso já tem data: dia 29 de outubro, quando o grupo irá percorrer o trecho entre Muqui e Fortaleza.

Enquanto isso, o IEMA formou um grupo de trabalho dedicado ao planejamento do circuito e à criação de propostas de aproveitamento de trilhas internas do MONA, que serão sugeridas posteriormente durante a elaboração do Plano de Manejo da unidade. Para estimular que os municípios abracem o projeto, o IEMA planeja se reunir junto às comunidades locais para divulgar o circuito.

Em breve, as bikes terão ainda mais motivos para se tornarem personagens frequentes na paisagem da unidade de conservação. Mas o circuito não será exclusivo dos ciclistas. Alguns trechos estarão abertos para outros usos como caminhada, cavalgada, motociclismo e jipes.

O Monumento Natural Estadual Serra das Torres

O Monumento Natural Estadual Serra das Torres (ES) é uma unidade de conservação estadual com cerca de 10.500 hectares cujo objetivo principal é a proteção da beleza cênica e paisagens. O MONA contempla os municípios de Atílio Vivácqua, Mimoso do Sul e Muqui e possui uma grande vocação para o turismo rural, turismo de aventura, cicloturismo, dentre outros.

Saiba mais sobre a unidade no verbete do WikiParques!

Bike e pordosol_Foto Marcio Menegussi

A bicicleta em seu habitat natural, no Mona Serra das Torres. Foto: Marcio Menegussi

 

 

 

Comentários

comentários