Campanha do Parque Nacional das Araucárias recupera papagaios-do-peito-roxo


Gestores do parque com animais recolhidos durante a campanha. Foto: PNA
Gestores do parque com animais recolhidos durante a campanha. Foto: PNA

A campanha coordenada pelo Parque Nacional das Araucárias (SC) para entrega espontânea de papagaios-de-peito-roxo (Amazona vinacea) em cativeiro foi um sucesso: ao todo, foram recolhidos 16 desses papagaios por meio de entregas espontâneas e apreensões. Pessoas dos vários municípios de Paraná e Santa Catarina se mobilizaram e atenderam ao chamado.

Quem fez a entrega espontânea fica livre de multa e processo administrativo por crime ambiental, conforme prevê a legislação. Além da entrega espontânea, foram também atendidas algumas denúncias de manutenção ilegal de cativeiro de animais silvestres. Os animais recolhidos foram enviados a uma instituição credenciada para a reabilitação.

“Agora, os papagaios têm uma nova chance de conviver com outros da sua espécie e receber alimentação e cuidados adequados. Sabemos que muitas pessoas mantêm animais silvestres com muito amor e boas intenções, mas não há dúvida de que para a saúde deles é importante que estejam na natureza ou em um centro especializado”, conta o chefe da unidade, Juliano Rodrigues Oliveira.

Os animais passarão por exames, receberão alimentação adequada e terão espaço para conviver com outros da mesma espécie e corrigir hábitos inadequados adquiridos pelo convívio com as pessoas. Caso apresentem condições, serão soltos na natureza dentro de alguns meses, acompanhados por equipe de técnicos e pesquisadores.

Entre as instituições que contribuíram para a campanha, estão a PM Ambiental do Paraná e de Santa Catarina (Companhia de Lages e Pelotão de Concórdia), PM de Ponte Serrada e Passos Maia, Prefeitura de Passos Maia, Casa Colonial de Passos Maia, Epagri de Ponte Serrada, Protetores Ambientais de Ponte Serrada e Instituto Espaço Silvestre. O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (Cemave), o Ibama de Santa Catarina e a Fundação de Meio Ambiente (Fatma) de Santa Catarina também se engajaram na mobilização.

Ainda há tempo para a entrega espontânea: a chefia do parque comunica que, caso alguém ainda tenha papagaios-de-peito-roxo, deve entrar em contato com o Parque pelo e-mail parnaaraucarias@icmbio.gov.br ou pelo telefone (46) 3262-5099.

 

*Com informações da Comunicação ICMBio

 

 

 

Post navigation