Parque Nacional de Brasília. Foto: Aldo Luiz Gomes de Queiroz

Parque Nacional de Brasília. Foto: Aldo Luiz Gomes de Queiroz

Entre os dias 24 e 26/04, 0 Centro de Visitantes do Parque Nacional de Brasília (DF) hospedará o curso Restauração do Cerrado – Semeadura Direta promovido pelo ICMBio e pelo Centro de Biodiversidade do Cerrado (CBC). O curso tratará da restauração ecológica de áreas degradadas do Cerrado, com vistas à conservação de sua biodiversidade e o provimento de serviços ambientais. As inscrições podem ser feitas até o dia 07/04.

No Cerrado, há pelo menos 70 mil hectares de áreas degradadas dentro de unidades de conservação de proteção integral que precisam ser restaurados. “A forma de atingir escala e alcançar esta demanda passa pelo uso da técnica de semeadura direta que apresenta boa relação custo-benefício”, afirma o analista ambiental do ICMBio, Alexandre Sampaio. A semeadura direta consiste no cultivo de plantas nativas por meio do uso de sementes sem a necessidade de produzir mudas. As sementes são dispersas manualmente ou mecanicamente diretamente sobre o solo. No curso, serão trabalhadas sementes de espécies nativas dos campos e savanas do bioma, incluindo ervas, subarbustos, arbustos e árvores.

Além de Alexandre, as aulas serão ministradas pelos instrutores Daniel Mascia Vieira, pesquisador Embrapa Cenargen, e Isabel Belloni Schmidt, professora de Ecologia da UnB. Com vagas limitadas, o público-alvo do curso são gestores ambientais e restauradores – que terão prioridade na escolha. Para participar é necessário os interessados devem preencher a ficha de inscrição. Mais informações podem ser obtidas no e-mail sampaio.ab@gmail.com.

 

*Com informações da Comunicação ICMBio

 

 

 

Comentários

comentários