Serão 1.169 brigadistas em 88 unidades de conservação em contratos que variam entre 6 meses a dois anos. Foto: Fernando Tatagiba/ICMBio

 

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) lançou nesta quarta-feira (17) editais para a contratação de brigadistas como parte da preparação para a temporada de incêndios florestais. Ao todo são 98 editais com vagas para 1.169 brigadistas que atuarão em 88 unidades de conservação em contratos que variam entre 6 meses a 2 anos. 

Os candidatos serão selecionados em 2 etapas: a 1ª consiste numa avaliação física e habilidades com o uso de ferramentas agrícolas e terá caráter eliminatório; na 2ª, será ministrado um curso de 40 horas para os pretendentes às vagas de chefe de esquadrão e de brigadistas. Este curso determinará a classificação final dos participantes.

Os brigadistas serão contratados sob o regime da atualizada Lei nº 7.957/89, que trata da contratação de pessoal para combate a incêndios e emergências pelo ICMBio e Ibama: foi ampliado o tempo de contratação (6 meses para 2 anos, prorrogável ainda por mais 1 ano) e diversificadas as atividades a serem desenvolvidas. Os contratados poderão atuar em atividades de prevenção, controle e combate de incêndios; apoio em ações de conservação, manejo e pesquisa de espécies ameaçadas; apoio a projetos de preservação, uso sustentável, proteção e apoio operacional à gestão de unidades; apoio à identificação à demarcação e consolidação territorial e apoio às ações de uso sustentável.

Os editais podem ser acessados aqui.

 

*Com informações da Comunicação ICMBio

 

 

 

Comentários

comentários