Foto: Peter Caton/ISPN


A Reserva Extrativista Chapada Limpa (MA) iniciou o processo de mobilização para a formação de brigada voluntária comunitária em três comunidades que compõem a unidade de conservação, além de envolver as associações de moradores. Os interessados poderão se inscrever até o dia 12 de outubro

A unidade de conservação é a primeira Reserva Extrativista no Cerrado a trabalhar com manejo integrado do fogo (MIF) no Brasil. A formação da brigada comunitária tem tomado corpo nos últimos três anos de implementação, com grande potencial para o envolvimento dos jovens.

O marco de criação da Brigada é o curso de formação de brigadistas, que está previsto para acontecer entre os dias 22 a 26/10. O curso fornece as técnicas e equipamentos necessários no combate e prevenção de incêndios florestais, que já são protagonizados pelas próprias comunidades, aliando saberes tradicionais nos usos do fogo anteriores à criação da unidade de conservação.

Em 2015, mais de 5 mil hectares da reserva foram consumidos por incêndios florestais, o que comprometeu a conservação da biodiversidade e a economia das famílias. Desde então, os comunitários tem se organizado para evitar incêndios semelhantes.

 

*Com informações da Comunicação ICMBio

 

 

Comentários

comentários