Foto: Divulgação/IEMA


O
Parque Estadual de Itaúnas (ES) ganhou uma nova sinalização no entorno e no interior da unidade de conservação. Foram instaladas 32 placas rodoviárias e 10 placas interpretativas com a finalidade de facilitar o passeio para os visitantes. Elas estão distribuídas nas trilhas da Alméscar, do Pescador, do Buraco do Bicho, da Borboleta e na Guaxindiba, foz do rio Itaúnas.

As placas rodoviárias são importantes para sinalizar os limites do parque, alertar sobre as vias, animais no local e restrições na área da unidade. Já as placas interpretativas, feitas com uma estrutura de madeira e telhado colonial, informam sobre a história e as riquezas naturais da região, com informações técnicas, imagens, mapas e relatos de moradores de Itaúnas.

De acordo com Gustavo Rosa, agente de desenvolvimento ambiental e recursos hídricos do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo (Iema), que administra o parque, a nova sinalização causa impactos positivos em relação às visitações. “Além de transmitirem informação de qualidade ao visitante, as placas também se tornam um estímulo à visitação. Uma trilha bem manejada, sinalizada e interpretada contribui com os objetivos primários do Parque, pois se presta ao lazer, à educação e atrai um número maior de visitantes”, explicou.

Para elaborar o material foram feitas pesquisas e entrevistas com moradores locais que sugeriram temas a serem trabalhados nas placas interpretativas. Com a sinalização, os visitantes poderão explorar melhor os atrativos do parque. Lá é possível fazer trilhas, passeio de bicicleta ou de caiaque no rio Itaúnas e visitação das belas dunas e praias. A Unidade de Conservação conta ainda com um centro de visitantes, onde há exposições das riquezas naturais, históricas e arqueológicas da região. As visitas ao Parque Estadual de Itaúnas podem ser agendadas diretamente com a sede da unidade, pelo telefone (27) 3762-5196.

Foto: Divulgação/IEMA

 

*Com informações do Iema

 

 

 

Comentários

comentários