Visual panorâmico do Pico do Forno Grande. Foto: IEMA/Divulgação


Uma expedição realizada no último sábado (27/07) no Parque Estadual do Forno Grande (ES) marcou a reabertura da trilha que leva ao 2º pico mais alto do estado capixaba. Com cerca de 3,5 km de extensão, o percurso leva ao cume do Forno Grande, a 2.039 metros de altura, que passou quase 2 décadas fechado à visitação devido aos impactos do uso desordenado e da degradação ambiental.

A expedição inaugural contou com 36 pessoas, entre eles o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande. Do cume é possível ver outros picos emblemáticos como a Pedra Azul e o Pico da Bandeira, o ponto mais alto do estado, localizado no vizinho Parque Nacional do Caparaó (ES).

De acordo com o governador, a expectativa é evitar a degradação do atrativo com o maior controle da visitação. “As pessoas iam acampar no topo e acabam desmatando. Agora estamos liberando o parque para subidas durante o dia e com guia, o que é uma novidade. A trilha é dura e precisa de equipamentos profissionais. Queremos que a população possa desfrutar desse momento maravilhoso, que nós agora desfrutamos”, contou.

A partir dessa semana, os caminhantes que quiserem desbravar as alturas do Pico do Forno Grande deverão agendar a visita junto à equipe do parque, através do e-mail agendamentofornogrande@gmail.com. O número de visitante terá um limite diário e a obrigatoriedade de acompanhamento de uma pessoa com experiência em escalada e dos equipamentos de segurança.

A reabertura do atrativo é uma parceria do Instituto Estadual de Meio Ambiente (IEMA) com a Associação Capixaba de Escalada (ACE), entidade que ajudou na reestruturação da segurança da trilha. O diretor-presidente do IEMA, Alaimar Fiuza, aposta que a inauguração da trilha do Forno Grande “irá potencializar o turismo de aventura na região”.

 

*Com informações IEMA-ES

 

 

 

Comentários

comentários