Neste domingo (30), o Parque Estadual do Itacolomi comemora seu aniversário de 52 anos com uma programação artística que inclui também um mutirão de plantio de mudas nativas.Foto: Liana Carvalho


No próximo domingo, dia 30/06, apresentações de dança e música marcarão a comemoração ao aniversário de 52 anos do Parque Estadual do Itacolomi (MG). Além de apresentações artísticas, o evento incluirá um mutirão de plantio de mudas de árvores nativas. Todas as atividades acontecerão no próprio Parque e a entrada é gratuita.

A programação terá início às 10h00 com a apresentação do grupo de dança Rosário de Ouro Preto. Às 11h00 será a vez da música de Mariana e de grupos de dança da cidade. À tarde, às 13h00, a banda da Polícia Militar (AMOS) fará uma apresentação, seguida da Agremiação Zé Pereira dos Lacaios, de Ouro Preto, às 15hoo. Também será realizado o plantio de 52 mudas de árvores nativas em alusão aos 52 anos da criação do Parque.

Durante todo o dia, os artistas de Mariana farão uma exposição artística dos trabalhos dos integrantes membros da Associação Marianense dos Artistas Plásticos (AMAP). Os representantes da Associação também realizarão uma oficina na qual os participantes poderão vivenciar a experiência da pintura.

A gerente da unidade de conservação, Maria Lúcia Coimbra Cristo, conta que, recentemente, foi inaugurada uma nova atração para os visitantes: a Trilha dos Sentidos. “Similar à que existe em outras unidades de conservação, a atração é uma trilha para oferecer ao visitante uma imersão profunda nos sentidos, potencializando-os, e também uma forma de criar uma empatia com os deficientes visuais”, explica.

A trilha leva os participantes, com os olhos vendados, a ter um contato mais próximo com a natureza, sempre com o auxílio dos monitores ambientais. Na experiência, os participantes têm a oportunidade de conhecer melhor os aspectos da fauna e da flora, explorando a biodiversidade da unidade de conservação.

Visitantes observam aves nas trilhas da unidade de conservação. Foto: Evandro Rodney


Criado em 14 de junho de 1967, o Parque Estadual do Itacolomi (MG) possui uma área de 7.543 hectares de matas onde predominam as quaresmeiras e candeias ao longo dos rios e córregos. Abriga muitas nascentes que deságuam, em sua maioria, no Rio Gualaxo do Sul, afluente do rio Doce. Os mais importantes são os córregos do Manso, dos Prazeres, Domingos e do Benedito, o Rio Acima e o ribeirão Belchior. A unidade de conservação também abriga o Pico do Itacolomi que com seus 1.772 metros de altitude, era ponto de referência para os antigos viajantes da Estrada Real que o chamavam de “Farol dos Bandeirantes”.

 

*Com informações do Instituto Estadual de Florestas

 

 

 

Comentários

comentários