A Ilha das Cobras, na baía de Paranaguá/PR, se transformou em parque estadual. Foto: Divulgação / AEN


O decreto que transformou a Ilha das Cobras, localizada no litoral do Paraná, em uma unidade de conservação de proteção integral foi assinado pelo Governo do Estado nesta terça-feira (03/09). O novo Parque Estadual Ilha das Cobras (PR) tem uma área de 52 hectares de área remanescente de Mata Atlântica. Além de uma parada no trajeto de tartarugas marinhas, o parque também abrigará a Escola do Mar, destinada à educação ambiental e à pesquisa. A escola irá multiplicar o conhecimento sobre as ciências do mar, unindo o saber tradicional caiçara (conhecimento dos pescadores) à inovação e tecnologia.

A Ilha das Cobras pertence à União e foi necessário aval federal para a constituição do novo parque no local. No último dia 30 de agosto, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão enviou ofício ao Governo do Estado de posicionamento favorável à criação de uma unidade de conservação na área. Além disso, também renovou a cessão da ilha ao governo estadual para que faça as intervenções necessárias.

De acordo com o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), a partir de desta quarta-feira (4), o órgão, que é responsável por administrar as unidades de conservação ambiental do Estado, vai iniciar um plano de manejo para conhecer efetivamente a biodiversidade da ilha. 

 

Leia mais

Paraná lança consulta pública para criação do Parque Estadual Ilha das Cobras

 

*Com informações do IAP e Portal Bem Paraná

 

 

 

Comentários

comentários