Ténicos do CENAP instalam armadilhas fotográficas. Foto: Arquivo/Cenap

Ténicos do CENAP instalam armadilhas fotográficas. Foto: Arquivo/Cenap

A fim de monitorar mais detalhadamente as onças pintadas, gatos-do-mato-pequeno e outras espécies de mamíferos de médio e grande porte existentes no Parque Nacional da Serra da Capivara (PI), o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap) instalou 60 armadilhas fotográficas na unidade de conservação.

O estudo, esperam os pesquisadores, deverá proporcionar um melhor entendimento dos padrões de ocupação dessas espécies dentro da unidade, além de gerar estimativas do tamanho atual da população de onças-pintadas presentes na Serra da Capivara, um dos últimos refúgios para a espécie no bioma Caatinga.

Desde 2012, o Centro apoia a gestão do Parque no monitoramento de onças-pintadas, bem como na intermediação de conflitos de predação de animais domésticos por grandes felinos no entorno da unidade de conservação. Com patrocínio da empresa Tetrapak, o Centro pôde instalar apriscos (espécies de abrigos) em comunidades do entorno que sofrem com ataques destes animais. A ideia é minimizar ações de retaliação por parte dos moradores locais, dando-lhes um lugar para abrigar animais domésticos à noite, período em que o ataque das onças às criações é maior.


*Com informações da Comunicação ICMBio

 

 

 

 

Comentários

comentários