Ação de educação ambiental promovida pelo Movimento Pé no Parque. Foto: Duda Menegassi


Nesta quarta-feira (12/06) será lançado no Youtube o 1º episódio da nova temporada do Pé no Parque. Mas, no último sábado (o8/06), uma plateia formada por guias e visitantes no Parque Nacional da Serra da Capivara (PI) teve a oportunidade de assistir aos 4 novos episódios com exclusividade. A exibição foi um dos eventos da programação especial de aniversário do parque, que completou 40 anos no Dia do Meio Ambiente (05/06).

A sessão de estreia reuniu cerca de 50 pessoas, lotação máxima do auditório do Centro de Visitantes. Entre os espectadores estavam alunos do curso de geografia da Universidade de Pernambuco (UPE), do campus de Petrolina. “Viemos visitar o parque e tivemos a grata surpresa de poder assistir já os quatro episódios e gostamos bastante! A gente tem que valorizar muito nossas unidades de conservação. Parabéns a todo grupo e continuem nos prestigiando com mais parques”, parabenizou Thais Guimarães, uma das professoras que acompanhava o grupo.

Roteirista da websérie faz a fala inicial antes da exibição do Pé no Parque. Foto: Henrique Júnior


Além da exibição, o Movimento Pé no Parque levou a História dos Sentidos para Caatinga. A atividade, uma vivência de educação ambiental desenvolvida pelo Instituto Moleque Mateiro, foi realizada na tarde de sexta e na manhã de sábado, e engajou visitantes e alunos das escolas municipais Elzair Rodrigues de Oliveira (Novo Zabelê) e Deputado Edson Dias Ferreira (Zona Rural de São Raimundo Nonato). Aos pés da Pedra Furada, um dos principais atrativos turísticos do parque, a contação da história da Caatinga e da Serra da Capivara através do estímulo dos sentidos chamou a atenção dos turistas que iam visitar o cartão-postal.

Do outro lado da Serra da Capivara, as comemorações dos 40 anos do parque também chegaram ao município de João Costa. Quase 2 milpessoas participaram da festa organizada pela cidade, que incluiu uma visita técnica aos sítios arqueológicos locais. De acordo com a gestora do parque, Marian Rodrigues, os sítios já estão preparados para visitação, mas ainda não existe um roteiro preparado via João Costa. “Nós combinamos com o prefeito que iremos fazer ações de educação ambiental e de formação dos jovens locais para abrir esse roteiro e mais essa porta de entrada turística para o Parque Nacional da Serra da Capivara”, conta.

Atualmente, os principais circuitos de visitação estão restritos aos municípios de São Raimundo Nonato e Coronel José Dias. “Essa festa de 40 anos não foi só para celebrar, foi também para abrir o parque para essas comunidades. Não para eles conhecerem, porque eles já conhecem, mas para eles se reconhecerem no parque. Os 40 anos fez com que a comunidade se reconhecesse como parte integrante desse patrimônio”, ressalta Marian.

A coordenadora regional, o prefeito de João Costa e a gestora do Parque Nacional da Serra da Capivara posam no evento da cidade. Foto: Divulgação


A gestora destaca ainda que todas as escolas do entorno visitaram o parque durante a semana, que coincidiu com a agenda especial da Semana do Meio Ambiente. “Foi um momento singular na história do parque”, comemora. “As unidades de conservação, os parques, têm que ter esse momento. Eles têm que integrar as pessoas. Por que afinal, nós estamos preservando para quem? Para eles, para nós, que somos os guardiões que estamos aqui”.

As comemorações também incluíram a exibição do documentário ‘Niède’ (2019) na praça de São Raimundo Nonato. Como pontuou Marian, “foi uma festa nossa, uma festa da comunidade. A comunidade estava celebrando o trabalho da Niéde”. Os eventos envolveram mais de 4 mil pessoas em atividades como trilhas, bate-papos, homenagens, apresentações culturais, exposições e palestras.

Equipe do Instituto Moleque Mateiro durante atividade de educação ambiental. Foto: Duda Menegassi

Comentários

comentários