A região da Rebio do Tinguá é repleta de cachoeiras. Foto: Carlos Januzzi/Divulgação ICMBio


Neste sábado (14/12), voluntários estão convocados para o 1º Mutirão de Apoio à Reserva Biológica do Tinguá (RJ), no bairro de Rio D’ouro, no município de Nova Iguaçu. A iniciativa, liderada pela ONG Planeta Verde, irá fazer a limpeza da cachoeira do Rio D’ouro, na zona de amortecimento da reserva e o plantio de mudas nativas na área. Além disso, o lixo coletado durante a ação será separado para reciclagem dos resíduos possíveis.

De acordo com a coordenadora da ONG, Sandra Fernandes, o mutirão será uma ação mensal para garantir a manutenção e proteção da área, limítrofe à Reserva Biológica (Rebio) do Tinguá. “No sábado, além da limpeza, iremos plantar mudas nativas nas margens para recuperar a mata ciliar e com isso inibir a degradação ambiental da área”, explica a bióloga, que também é uma das conselheiras da Rebio.

A expectativa é que futuramente sejam realizados também ações de educação ambiental, de manutenção da guarita e da entrada da Rebio e até estudos, como a coleta de amostras para testar a qualidade da água do rio D’ouro, com apoio dos pesquisadores do Museu Nacional e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Além disso, Sandra acrescenta que a meta é envolver os outros municípios no entorno da área protegida, Miguel Pereira, Petrópolis e Duque de Caxias, para criação de novos núcleos de apoio à reserva.

As atividades possuem o apoio do ICMBio, órgão gestor, e de diversas instituições, como a ONG Pé de Planta. O mutirão é aberto aos voluntários e para participar basta comparecer ao ponto de encontro, na guarita da Reserva no bairro Rio D’ouro, às 9 horas de sábado.


Serviço:

O que? 1º Mutirão Reserva Biológica do Tinguá
Quando? 14/12, às 9h00
Onde? O ponto de encontro será na guarita da porteira da Reserva Biológica do Tinguá, no centro de Rio D’ouro (Estrada do Comércio, 3400, Nova Iguaçu – RJ)
Quanto? Gratuito e aberto, para participar basta comparecer.

Comentários

comentários