DCIM103GOPROGOPR4075.

Uma das áreas protegidas pelo Parque Estadual Costa do Sol. Foto: Duda Menegassi/WikiParques


No próximo domingo, dia 08/04, o Parque Estadual da Costa do Sol (RJ) receberá uma caminhada com observação de aves organizada pela empresa Canindé Birdwatching, em conjunto com a agência Blue Bird. Mas, além da contemplação da natureza e da rica avifauna da área protegida fluminense, o evento será também um manifesto contra a proposta de redução do parque estadual em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ).

A partir das 07h00 da manhã, o passeio será guiado por condutor ambiental credenciado pelo parque e por um biólogo especialista em aves. A caminhada parte da Praia de Vilatur, de onde seguirá por dentro do parque em um percurso de 2 km até a restinga da Lagoa Vermelha, considerada a mais salgada do estado e lar de aves endêmicas, migratórias e ameaçadas de extinção. Os participantes devem levar 1 kg de alimento não perecível, que será doado a um orfanato local. As vagas são limitadas e para garantir o passeio é necessário entrar em contato através do telefone (22) 97400-7709.

Quem não puder comparecer ao evento ainda poderá se manifestar contrário à diminuição da unidade: um abaixo-assinado está disponível online. A redução os limites do parque foi proposta originalmente no projeto de lei n° 1.546/2016 e voltou à mesa de discussões da ALERJ com a propositura de emendas pelos deputados Rosenverg Reis (PMDB) e Marcos Abrahão (PTdoB). Além da exclusão da área de Monte Alto, no município de Arraial do Cabo, os parlamentares acrescentaram o pedido de excluir do parque estadual outras quatro zonas: o Morro do Mico, em Cabo Frio, e três áreas localizadas no município de Saquarema, entre elas a Lagoa de Jacarepiá e a Lagoa Vermelha.

 

 

 

Comentários

comentários