Cutias fazem parte do projeto de reintrodução no parque desde 2010. Foto: Catharina Kreischer/Projeto Refauna/Divulgação


Neste sábado (19/10), o Parque Nacional da Tijuca (RJ) realizará uma atividade de voluntariado com um parceiro especial: o projeto Refauna, responsável pela reintrodução de espécies nativas na área protegida carioca. O mutirão, que será no Parque Lage, terá início com a apresentação do trabalho do Refauna de trazer de volta as cutias (Daysprocta leporina) e seguirá com o plantio de mudas-chave para reintrodução dos animais no parque.

Os voluntários terão a missão de plantar 100 mudas de cutieiras (Joannesia princeps), árvore que, como o nome sugere, está entre as favoritas no cardápio das cutias.No trabalho, também será feita a dispersão de 1.000 sementes e 200 frutos da espécie. A pesquisadora do Refauna, Catharina Kreischer, responsável pela palestra introdutória, acompanhará as atividades do voluntariado. As cutias fazem parte do projeto de reintrodução no Parque Nacional da Tijuca desde 2010, através do Refauna.

Para ser voluntário do parque, é necessário se cadastrar no site do ICMBio, disponível aqui.


Serviço:
O que? Mutirão de voluntariado no Parque Nacional da Tijuca
Quando? 19/10 (sábado), a partir das 9h
Onde? A apresentação será feita no Centro de Visitantes do Parque Lage, localizado nas cavalariças (Cavalariças do Parque Lage. Rua Jardim Botânico 414 – Parque Lage – RJ)
Quanto? Gratuito

*Em caso de chuva forte no dia, a atividade estará automaticamente cancelada.

 

 

 

Comentários

comentários