Camaleão registrado na Reserva Biológica do Gurupi. Foto: Marco Freitas

Camaleão registrado na Reserva Biológica do Gurupi. Foto: Marco Freitas

Após 18 meses de pesquisas de campo e análises de dados, a Reserva Biológica do Gurupi (MA) identificou e registrou em artigo científico 131 espécies da sua herpetofauna (anfíbios e répteis). No total, o estudo identificou 31 espécies de anfíbios e 100 de répteis. Destas, 18 espécies foram registradas pela primeira vez no estado do Maranhão.

Os 271 mil hectares protegidos pela reserva representam um dos últimos refúgios da de fauna e flora características do bioma amazônico. Segundo o zoólogo e analista ambiental do ICMBio, Marco Freitas, coordenador da pesquisa, a área do sofre muitas pressões externas, sobretudo de madeireiros. Por esta razão, merece redobrada atenção em termos de conservação da biodiversidade. “A pesquisa registrou novas espécies de anfíbios e répteis para o Maranhão e confirmou a presença de espécies endêmicas desse Centro, mostrando uma riqueza até então desconhecida”, destaca.

Leia aqui ao artigo sobre a herpetofuana da Reserva Biológica do Gurupi (em inglês) 

 

*Com informações da Comunicação ICMBio

 

 

 

Comentários

comentários