Soltura de quelônios. Foto: Divulgação/Sema-AM


A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Uatumã (AM) realiza neste sábado (17/02), a partir das 09h00, a tradicional soltura de quelônios com a devolução à natureza de aproximadamente 15 mil filhotes das espécies de iaçá, tracajá e tartaruga.

De acordo com o gerente da RDS, Cristiano Gonçalves, esse é o 20º evento realizado na unidade de conservação de 424.430 hectares. A soltura de quelônios faz parte do projeto Uatumã é o Meu Lugar, iniciado em 1997, e marca a abertura oficial das atividades sociais e educacionais de 2018 da reserva. O gestor conta que, até o final do ano, serão realizadas palestras, oficinas e a oferta de serviços de conscientização com temas ligados ao combate a crimes ambientais e o fortalecimento do vinculo das comunidades com o meio ambiente.

Gonçalves informou que, este ano, o projeto envolve sete comunidades rurais de São Sebastião e do município de Itapiranga (distante 227 Km da capital) e tem como principal objetivo a preservação da espécie e controle de consumo dos ovos pelos ribeirinhos. Ele lembrou que o tempo de “chocadeira” (ovos depositados em buracos na areia das praias) até a eclosão é de 60 dias.

 

*Com informações da Sema-AM

 

 

 

 

Comentários

comentários