Foto: Instituto Gambá

Foto: Instituto Gambá

Na última quarta-feira, dia 27/04, uma audiência na Assembleia Legislativa da Bahia discutiu a criação do Mosaico de Unidades de Conservação da Serra da Jiboia, no Recôncavo Sul Baiano. A proposta técnica apresentada pelo Grupo Gambá e pela UFRB foi bem aceita e a Comissão de Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos, que promoveu a audiência, deve formalizar em breve um documento de apoio à criação das UCs.

A proposta recomenda criação de um Parque e uma Área de Proteção Ambiental (APA) que, ligadas à já existente Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN) Guarirú, formariam um mosaico de unidades de conservação que protegeria uma área que, além de ser celeiro de biodiversidade, abastece com água cerca de 30 municípios da região. 

A recepção entre os presentes foi boa, houve o esclarecimento sobre a situação fundiária e a produção agropecuária do entorno, que compatibilizaria uma produção sustentável e a conservação ambiental. A partir desses esclarecimentos, os deputados se mostraram convencidos e firmaram o apoio da Comissão de Meio Ambiente, que deve ser formalizado nas próximas reuniões por meio de um documento. 

O apoio da Assembléia Legislativa reforça mobilização no Estado. Após reunião com a Secretaria do Meio Ambiente e Inema foi decidida a criação de um Grupo de Trabalho para viabilizar a proposta no governo do estado.

*Com informações da Ascom Gambá

 

 

 

Comentários

comentários