Mudanças entre as edições de "Parque Nacional Nascentes do Lago Jarí"

(Criou página com ''''Nome da Unidade:''' Parque Nacional Nascentes do Lago Jarí '''Bioma:''' Amazônia '''Área:''' 812.141 hectares '''Diploma legal de criação:''' Decreto s/n° de 8 de...')
 
Linha 13: Linha 13:
 
Email: luiz.condrati@icmbio.gov.br
 
Email: luiz.condrati@icmbio.gov.br
  
'''Localização:'''
+
==Localização==
  
 
Situado nos municípios de Tapauá e Beruri no Amazonas.
 
Situado nos municípios de Tapauá e Beruri no Amazonas.
  
'''Como chegar:'''
+
==Como chegar==
  
 
--
 
--
  
'''Ingressos:'''
+
==Ingressos==
  
 
--
 
--
  
'''Onde ficar:'''
+
==Onde ficar==
  
 
--
 
--
  
'''Objetivos específicos da unidade:'''
+
==Objetivos específicos da unidade==
  
 
Tem como objetivo preservar uma importante amostra de ecossistema, deter os impactos negativos na biodiversidade decorrentes da pavimentação da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho.
 
Tem como objetivo preservar uma importante amostra de ecossistema, deter os impactos negativos na biodiversidade decorrentes da pavimentação da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho.
Linha 35: Linha 35:
 
Os objetivos da UC incluem a proteção e a conservação da biodiversidade por possuir espécies de plantas e animais de alta importância social cultural ou econômica. A UC possui ainda um alto valor educacional e científico.
 
Os objetivos da UC incluem a proteção e a conservação da biodiversidade por possuir espécies de plantas e animais de alta importância social cultural ou econômica. A UC possui ainda um alto valor educacional e científico.
  
'''Histórico:'''
+
==Histórico==
  
 
O Parque Nacional Nascentes do Lago Jarí foi criado em 2008 para proteção da bacia do rio Jarí e diminuição do impacto ambiental provocado pela reabertura da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho.
 
O Parque Nacional Nascentes do Lago Jarí foi criado em 2008 para proteção da bacia do rio Jarí e diminuição do impacto ambiental provocado pela reabertura da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho.
Linha 43: Linha 43:
 
O objetivo é regulamentar todas a unidade, desenvolver o zoneamento, definir as áreas contempladas pelo manejo, realizar diagnósticos socioambientais e estudos socieconômicos de todo o interflúvio da área de influência das unidades Purus-Madeira.
 
O objetivo é regulamentar todas a unidade, desenvolver o zoneamento, definir as áreas contempladas pelo manejo, realizar diagnósticos socioambientais e estudos socieconômicos de todo o interflúvio da área de influência das unidades Purus-Madeira.
  
'''Atrações:'''
+
==Atrações==
  
 
--
 
--
  
'''Aspectos naturais:'''
+
==Aspectos naturais==
  
 
O Parna integra um importante corredor ecológico na Amazônia, composto pelos rios Purus e Madeira e faz ainda a ligação com outras áreas de preservação natural como: a Terra Indígena Apurinã do Igarapé Tauamirim, a Reserva Biológica de Abufari e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus, áreas situadas ao longo do rio Purus.  
 
O Parna integra um importante corredor ecológico na Amazônia, composto pelos rios Purus e Madeira e faz ainda a ligação com outras áreas de preservação natural como: a Terra Indígena Apurinã do Igarapé Tauamirim, a Reserva Biológica de Abufari e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus, áreas situadas ao longo do rio Purus.  
Linha 55: Linha 55:
 
Apesar da alta relevância biológica desta área, ainda existe uma lacuna no conhecimento de espécies.
 
Apesar da alta relevância biológica desta área, ainda existe uma lacuna no conhecimento de espécies.
  
'''Relevo e clima:'''
+
==Relevo e clima==
  
 
--
 
--
  
'''Fauna e flora:'''
+
==Fauna e flora==
  
 
Foram encontradas na bacia do igarapé Jacinto 57 espécies, das quais 26 anuros, 15 lagartos, 12 serpentes, dois jacarés e duas tartarugas.
 
Foram encontradas na bacia do igarapé Jacinto 57 espécies, das quais 26 anuros, 15 lagartos, 12 serpentes, dois jacarés e duas tartarugas.
  
'''Problemas e ameaças:'''
+
==Problemas e ameaças==
  
 
--
 
--
  
'''Fontes:'''
+
==Fontes==
  
 
http://observatorio.wwf.org.br/unidades/cadastro/397/
 
http://observatorio.wwf.org.br/unidades/cadastro/397/

Edição das 19h15min de 9 de janeiro de 2014

Nome da Unidade: Parque Nacional Nascentes do Lago Jarí

Bioma: Amazônia

Área: 812.141 hectares

Diploma legal de criação: Decreto s/n° de 8 de maio de 2008.

Coordenação regional / Vinculação: Parna federal, órgão gestor ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade)

Contatos:

Email: luiz.condrati@icmbio.gov.br

Índice

Localização

Situado nos municípios de Tapauá e Beruri no Amazonas.

Como chegar

--

Ingressos

--

Onde ficar

--

Objetivos específicos da unidade

Tem como objetivo preservar uma importante amostra de ecossistema, deter os impactos negativos na biodiversidade decorrentes da pavimentação da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho.

Os objetivos da UC incluem a proteção e a conservação da biodiversidade por possuir espécies de plantas e animais de alta importância social cultural ou econômica. A UC possui ainda um alto valor educacional e científico.

Histórico

O Parque Nacional Nascentes do Lago Jarí foi criado em 2008 para proteção da bacia do rio Jarí e diminuição do impacto ambiental provocado pela reabertura da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho.

No início de 2012, a UC entrou em fase de elaboração de manejo para orientar as gestão da área. O licenciamento ambiental ainda não foi liberado pelo Ibama.

O objetivo é regulamentar todas a unidade, desenvolver o zoneamento, definir as áreas contempladas pelo manejo, realizar diagnósticos socioambientais e estudos socieconômicos de todo o interflúvio da área de influência das unidades Purus-Madeira.

Atrações

--

Aspectos naturais

O Parna integra um importante corredor ecológico na Amazônia, composto pelos rios Purus e Madeira e faz ainda a ligação com outras áreas de preservação natural como: a Terra Indígena Apurinã do Igarapé Tauamirim, a Reserva Biológica de Abufari e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus, áreas situadas ao longo do rio Purus.

A área no interflúvio Purus-Madeira é considerada de alta prioridade para a conservação.

Apesar da alta relevância biológica desta área, ainda existe uma lacuna no conhecimento de espécies.

Relevo e clima

--

Fauna e flora

Foram encontradas na bacia do igarapé Jacinto 57 espécies, das quais 26 anuros, 15 lagartos, 12 serpentes, dois jacarés e duas tartarugas.

Problemas e ameaças

--

Fontes

http://observatorio.wwf.org.br/unidades/cadastro/397/

Decreto criação: http://observatorio.wwf.org.br/site_media/upload/gestao/documentos/nascentes_jari.pdf

http://www.icmbio.gov.br/portal/o-que-fazemos/pesquisa-e-monitoramento/projetos-apoiados/2010/351-parna-nascentes-do-lago-jari-distribuicao-e-abundancia-de-especies-da-herpetofauna.html

http://www.brasil.gov.br/localizacao/parques-nacionais-e-reservas-ambientais/parque-nacional-nascentes-do-lago-jari-am

http://casa-civil.jusbrasil.com.br/noticias/2237/criado-o-parque-nacional-nascentes-do-lago-jari

http://acritica.uol.com.br/amazonia/ICMBio-iniciar-estudos-conservacao-BR-319_0_587941392.html