Refúgio de Vida Silvestre do Rio dos Frades

Edição feita às 13h32min de 17 de novembro de 2017 por Paulo André Vieira (disc | contribs)

(dif) ← Edição anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

O RVS do Rio dos Frades foi criado em 21 de dezembro de 2007, no Município de Porto Seguro, Estado da Bahia. cobre uma extensa faixa litorânea composta por planícies costeiras, fazendo limite com uma falésia. A vegetação é predominantemente de restinga e o solo é arenoso, sendo que nessa faixa de praia estão os sedimentos compostos essencialmente de grãos de quartzo e fragmentos de conchas.



Refúgio de Vida Silvestre do Rio dos Frades
Esfera Administrativa: Federal
Estado: Bahia
Município: Porto Seguro (BA)
Categoria: Refúgio de Vida Silvestre
Bioma: Mata Atlântica
Área: 898,67
Diploma legal de criação: Decreto nº S/N, de 21/12/2007
Coordenação regional / Vinculação: Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
Contatos: Endereço: ICMBIO - Rua Mamoeiro, 25 - Taperapuã - Porto Seguro/BA - CEP: 45.810-000

E-mail: tiago-leao.pereira@icmbio.gov.br
Telefone: (61) 3341-9218 e (73) 3288-1518

Índice

Localização

Esta UC fica localizada no sul do município de Porto Seguro em uma região de praias que atraem fluxo turístico principalmente em períodos de verão, de dezembro a março, considerado alta temporada.

Como chegar

O principal acesso rodoviário a REVIS é feito pela estrada de terra que interliga a localidade de Trancoso a Praia do Espelho e Caraíva. Esta estrada apresenta fluxo, que aumenta significativamente no verão, de automóveis particulares, taxi e Vans de agências de turismo que tem como destinos principais a Praia do Espelho e Caraíva, localidades que representam área contígua da RESEX Corumbau. Durante este trajeto existe opção de parada em um centro de vendas de artesanato Pataxó na TI Imbiriba. Esta parada é feita periodicamente pelas Vans das agências que inseri atividade no passeio para as praias. Este passeio é vendido pelas agências de turismo receptivas de Trancoso, Arraial D’ajuda e Porto Seguro.

Ingressos

A visitação na UC é pequena, ocorre nas áreas de propriedades particulares, sendo os proprietários os responsáveis pela visitação em suas áreas.

Onde ficar

Objetivos específicos da unidade

Preservar ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

Histórico

O RVS do Rio dos Frades foi criado em 21 de dezembro de 2007, no Município de Porto Seguro, Estado da Bahia.

Com o intuito de adequar a gestão do Refúgio e atendendo a sua característica de proteção integral que admite áreas privadas, a própria equipe da unidade elaborou, em 2012, um levantamento das propriedades e dos moradores do RVS do Rio dos Frades.

Atrações

Praia de Itaquena: atrativo consiste em praia semi-deserta com vegetação de restinga conservada e significativa beleza cênica, com extensão aproximada de 5 Km.

Rio dos Frades: atrativo rio dos Frades apresenta uma área estuarina com mata ciliar de mangue com trechos de transição da restinga e sua foz na praia de Itaquena. Atualmente a visitação neste rio ocorre em sua foz, local mais visitado, para banho, contemplação e acampamento associada à visita a praia de Itaquena.

Aspectos naturais

Solo

Área costeira com solo arenoso.

Geologia

Segundo o CPRM 2000; Serviço Geológico do Brasil (2000), a faixa de praia está inserida geologicamente, na Unidade 5 ; correspondente aos terraços arenosos, cujos depósitos têm ampla distribuição ao longo da costa. São sedimentos arenosos compostos essencialmente de grãos de quartzo e fragmentos de conchas.

Hidrologia

A unidade está na bacia do Rio dos Frades é a segunda maior rede de drenagem natural do município de Porto Seguro, abrangendo cerca de 436Km2. O Refúgio protege a parte final do rio dos Frades e sua foz.

Relevo e clima

Relevo

Extensa faixa litorânea, composta por planícies costeiras, fazendo limite com uma falésia.

Fauna e flora

Fauna

Lagarto endêmico de áreas de restinga, denominado de Cnemidophorus nativo.

Flora

A vegetação de restinga é predominante na área, sendo arbustiva e em moita, também há mangue e muitas bromélias e orquídeas na área.

Problemas e ameaças

Pesca ilegal de mariscos e robalos em época de piracema; A caça de tartarugas e outras espécies; Extração de madeira para carvão; Modificações hidrológicas para valorização de áreas privadas.

Fontes

http://sistemas.mma.gov.br/cnuc/index.php?ido=relatorioparametrizado.exibeRelatorio&relatorioPadrao=true&idUc=1813

http://repositorio.uniceub.br/bitstream/235/11082/1/eBook_Monumentos_Naturais.pdf