Parque Natural Municipal Freymund Germer - Morro Azul

Popularmente conhecido como Morro Azul, o Parque Natural Municipal Freymund Germer é uma área com ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, Bioma da Mata Atlântica e uma vista de tirar o fôlego com seus 758 metros de altitude. Aqui são realizadas pesquisas científicas, atividades educação e interpretação ambiental, recreação em contato com a natureza e turismo ecológico.

Pertencente ao município de Timbó, o Parque Natural Freymund Germer foi criado no dia 11 de março de 1993 pela Lei Municipal n° 1.463. Depois de passar por reclassificação, o parque foi enquadrado como uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, de acordo com o Sistema Nacional de Unidades de Conservação - SNUC.


Parque Natural Municipal Freymund Germer - Morro Azul
Esfera Administrativa: Municipal
Estado: Santa Catarina
Município: Timbó
Categoria: Parque
Bioma: Mata Atlântica
Área: 36 ha.
Diploma legal de criação: Lei Complementar n° 402 de 13 de julho de 2011.
Coordenação regional / Vinculação: Parque Municipal, gestor: Instituto Ambiental Aracuã em parceria com a Prefeitura Municipal de Timbó.
Contatos: Facebook [1]

Índice

Localização

O Parque está localizado a 18 quilômetros do Centro de Timbó, no bairro Mulde Alta.

Como chegar

O acesso ao Parque se dá pela BR 470 e pela SC 416, através da Rua Pomeranos, no município de Timbó.

Ingressos

Entrada gratuita. Horário de funcionamento das 8:00h a 18:00h.

Onde ficar

É possível acampar no Morro Azul, basta seguir as instruções abaixo:

- Ao chegar o campista deverá procurar o responsável de plantão para o preenchimento do termo de responsabilidade.

- A permanência das barracas serão permitidas somente no lugares exclusivos para as mesmas. - As churrasqueiras estão as disposição de todos. - Há uma área destinada a fogueiras, e só será permitido fogo neste local.

- É proibido o corte de qualquer tipo de vegetação de qualquer tamanho, e está sujeito a lei de Crimes Ambientais.

- É proibido alimentar e incomodar a fauna.

- Seu lixo é de sua responsabilidade e deverá ser separado e destinado de forma adequada.

- Respeite os outros campistas, não é permitido o uso de som mecânico.

- O acesso ao topo com veículo será permitido até as 18:00h.

- O camping possui iluminação, chuveiros quentes, banheiros e galpão de convivência.

- Faça silencio a partir das 23:00h.

- Menores de 18 anos somente poderão acampar acompanhado de responsável.

- Nada se leva de um parque. Plantas, pedras, sementes, animais, tudo faz parte do ambiente e nele deve continuar!!

Objetivos específicos da unidade

O Parque Natural Municipal Freymund Germer tem objetivo básico a preservação ambiental de toda área, da fauna e da flora, de todos ecossistemas naturais existentes e do Bioma.

Histórico

A primeira região a ser colonizada no município de Timbó foi à região da Mulde, onde localiza-se o Parque. Os primeiros colonizadores chegaram conduzidos pelos ribeirões, e iniciaram suas vidas na margem dos mesmos. O Dr. Fritz Muller junto ao Dr. Blumenau, auxiliados pelo Sr. Freymund Germer, pesquisador que residia e conhecia muito bem a região, principalmente a região das muldes, foram os precursores em estudos botânicos, deixando registros importantes para subsídios de pesquisas atuais.

Atrações

O parque possui trilhas ecológicas bem sinalizadas, rampa de voo (parapente e asa delta), sala de Educação Ambiental, área de camping, churrasqueiras e parque de recreação para crianças.

Aspectos naturais

Relevo e clima

O relevo é fortemente ondulado, sendo que a maior altitude está a 758 metros acima do nível do mar.

Fauna e flora

Localizando-se no Médio Vale do Itajaí, a vegetação do Parque, segundo a classificação do Atlas de Santa Catarina 1986, é caracterizada pela floresta ombrófila densa, com vegetação secundária e primária. Já com relação a fauna, são encontradas espécies características, que se mantém simplesmente pela conservação de seu habitat natural. Segundo Zimmermann (1992), entre os mamíferos, podem ser encontrados na região cuícas, gambá de orelha branca, gambá de orelha preta, tamanduá mirim, tatu-galinha, jaguatirica, onça suçuarana, morcego cara branca, morcego das casas, bugio, macaco prego, mico preto, cachorro do mato, quati, graxaim ou mão pelada, zorilho, irara, lontra, gato do mato maracajá, gato mauxiro, anta, cateto (porco do mato), veado mateiro, veado boroco, ratos selvagens, ouriço cacheiro, preás, pacas. Além disso, já foram identificadas cerca de 75 espécies de aves e diversos répteis.

Problemas e ameaças

Fontes