Floresta Nacional de Bom Futuro




Floresta Nacional de Bom Futuro
Esfera Administrativa: Federal
Estado: Rondonia
Município: Porto Velho (RO), Buritis (RO)
Categoria: Floresta
Bioma: Amazônia
Área: 97.357 hectares
Diploma legal de criação: Decreto nº 96.188, de 21 de junho de 1988 (criação). Lei ordinária nº 12.249, de 11 de junho de 2010 (revisão de limites).
Coordenação regional / Vinculação: Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - CR Porto Velho
Contatos: Telefone: (69) 32176545 // (69) 32226910

E-mail: bom.futuro@icmbio.gov.br

Índice

Localização

Como chegar

Ingressos

Fechado para visitação

Onde ficar

Objetivos específicos da unidade

Uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e a pesquisa científica, com ênfase em métodos para exploração sustentável de florestas nativas

Histórico

Criado em 1988, com 280.000 hectares de extensão, a Flona foi reduzida em 2010, quando foi feita a revisão dos seus limites para os atuais 97.357 hectares.

Atrações

Aspectos naturais

Relevo e clima

Fauna e flora

A vegetação da Unidade é composta predominantemente por Floresta Ombrófila Aberta Submontana e Floresta Ombrófila Densa Submontana, contando ainda com Floresta Ombrófila Aberta das Terras Baixas, Vegetação de Contato Savana/Floresta, Floresta Ombrófila Aberta Aluvial e Formações Pioneiras Aluviais. Não existe nenhum levantamento botânico na Unidade, sendo que as espécies que tem se registrado são as espécies de interesse econômico, que eram furtadas e foram objetos de autos de infração. Dentre as espécies as mais comumente encontradas e mais procuradas devido ao seu valor comercial são: o Ipê, Cerejeira, Jatobá, Cedro, Garapeira, Caxeta, Faveira, Peroba, Roxinho, Maracatiara, Angelim, Tauari, Sumauma.

Problemas e ameaças

Desmatamento

Fontes

http://sistemas.mma.gov.br/cnuc/index.php?ido=relatorioparametrizado.exibeRelatorio&relatorioPadrao=true&idUc=116