Floresta Nacional do Trairão




Floresta Nacional do Trairão
Esfera Administrativa: Federal
Estado: Para
Município: Rurópolis, Trairão e Itaituba
Categoria: Floresta
Bioma: Amazônia
Área: 257.526,32 hectares
Diploma legal de criação: Dec de 13 de fevereiro de 2006
Coordenação regional / Vinculação: CR3 – Itaituba
Contatos: TELEFONE: (93) 35232847 / RAMAL 232

Índice

Localização

Sede administrativa: Coordenação Regional 3: Av. Marechal Rondon s/n°, Aeroporto Velho. Itaituba/PA - CEP: 68.181-010

Como chegar

Não há meio de transporte regular para a Flona. Chega-se de transporte particular: A partir de Itaituba: fluvial (travessia de balsa sobre o rio Tapajós) e rodoviário (BR-230 e BR-163) A partir de Trairão: rodoviário (BR-163) A partir de Rurópolis: rodoviário (Trecho confluente BR-230 e BR-163)

Ingressos

Não está aberto à visitação

Onde ficar

Localiza-se no sudoeste do estado do Pará, na área do Distrito Florestal Sustentável.

Objetivos específicos da unidade

Trairão foi criada com os objetivos básicos de promover o manejo de uso múltiplo sustentável dos recursos florestais, a manutenção e a proteção dos recursos hídricos e da biodiversidade, bem como o apoio ao desenvolvimento de métodos de exploração sustentável dos recursos naturais.

Histórico

Trairão foi criada em 2006 dentro de um pacote para conter o desmatamento ao longo da BR-163, que estava sendo asfaltada.

Atrações

Na porção norte da Flona, há cachoeiras

Aspectos naturais

Relevo e clima

Clima tropical úmido

Fauna e flora

Trata-se de uma região de transição entre a Floresta Ombrófila Densa e a Floresta Ombrófila Aberta. Duas espécies registradas no ZEE da BR-163 estão na lista de espécies ameaçadas de extinção: Bowdichia nitida H.B.K. (sucupira) e Bertholletia excelsa HBK (castanheira). Ambas tem ocorrência na Flona do Trairão e sua madeira é ilegalmente explorada.

Problemas e ameaças

Extração ilegal de madeira, extração ilegal de produtos não madeireiros, caça, pesca, abertura de estradas e o desenvolvimento de atividade agropecuária são as ameaças que a unidade enfrenta

Fontes

http://www.icmbio.gov.br/portal/unidadesdeconservacao/biomas-brasileiros/amazonia/unidades-de-conservacao-amazonia/1965-flona-do-trairao

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/dnn/Dnn10767.htm

https://uc.socioambiental.org/uc/6759

http://www.florestal.gov.br/florestas-sob-concessao?id=106