Monumento Natural Estadual Serra das Torres



Monumento Natural Estadual Serra das Torres
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Espirito Santo
Município: Atílio Vivácqua, Mimoso do Sul e Muqui
Categoria: Monumento Natural
Bioma: Mata Atlântica
Área: 10458
Diploma legal de criação: Lei ordinária nº 9488, de 13/07/2010
Coordenação regional / Vinculação: Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo
Contatos: Endereço:

BR 262 Km 0 S/N - Jardim América - GRN - Cariacica/ES - CEP: 29.140-500

E-mail:

monatorres@iema.es.gov.br bravim@iema.es.gov.br

Telefone: (27) 3636-2570

Chefe da Unidade: Luciano Bravim Krüger

Índice

Localização

Como chegar

Ingressos

Onde ficar

Objetivos específicos da unidade

Preservar a integridade do conjunto granítico que compõe a Serra das Torres; proteger os fragmentos florestais remanescentes localizados no afloramento; promover o desenvolvimento econômico regional, com a promoção da natureza, manejo adequado dos recursos naturais e disciplinamento do uso e ocupação do solo; desenvolver o turismo sustentável regional, integrado às condições naturais dos ecossistemas, das paisagens e belezas cenênicas; desenvolver programas setoriais, incluindo turismo, educação, fiscalização e monitoramento ambiental; contribuir para o desenvolvimento de pesquisas científicas na área de ecologia aplicada, biologia, geologia, hidrologia e outras de interesse para a conservação e preservação dos ecossistemas naturais; contribuir para a instalação de processos naturais de recuperação dos ecossistemas e para a recuperação induzida, de acordo com projetos definidos no plano de manejo e aprovado pelo IEMA, ouvido o conselho consultivo e implantar equipamentos e serviços necessários à consecução desses objetivos.

Histórico

O Monumento Natural Estadual Serra das Torres é considerado como um dos últimos e mais bem conservados remanescentes de Mata Atlântica do Sul do Estado.

Atrações

Aspectos naturais

Relevo e clima

Fauna e flora

Além da beleza cênica dos afloramentos rochosos, seu território abriga espécies raras da fauna e da flora. São 150 tipos de árvores e flores, 20 espécies de peixes, 18 de anuros, 190 de aves 13 de répteis e 17 de mamíferos.

Algumas espécies encontradas: Sabiá da Mata Virgem (Lipaugus lanoides); papagaio Chauá (Amazona rhodocorytha); Sauá (Callicebus personatus); Bugio (Alouatta fusca); Jaguatirica (Leopardus pardalis); Gato-maracajá (Leopardus wiedii); e Lontra (Lontra longicaudis). Todos ameaçados de extinção.

Em março de 2012, um estudo desenvolvido pela pesquisadora Jane de Oliveira revelou que a menor espécie de anfíbio do Brasil é encontrada na unidade. O sapo pulga mede de 7 a 10 milímetros de comprimento e tem o nome científico de Brachycephalus didactylus.

Problemas e ameaças

Fontes

http://www.meioambiente.es.gov.br/default.asp?pagina=17184

http://sistemas.mma.gov.br/cnuc/index.php?ido=relatorioparametrizado.exibeRelatorio&relatorioPadrao=true&idUc=2319

http://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/2012/03/menor-especie-de-sapo-do-brasil-e-encontrada-no-espirito-santo.html