Parque Estadual da Serra da Baitaca

Fique por dentro das novidades do Parque Estadual da Serra da Baitaca no Blog do WikiParques


Parque Estadual da Serra da Baitaca
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Parana
Município: Quatro Barras e Piraquara
Categoria: Parque
Bioma: Mata Atlântica
Área: 3053,21 hectares
Diploma legal de criação: Decreto Estadual nº 5765, de 05 de junho de 2002.
Coordenação regional / Vinculação: IAP - Instituto Ambiental do Paraná
Contatos: Endereço: Rua Engenheiro Rebouças n.º 1.375 - Rebouças - Curitiba/PR

CEP: 80.023-040

E-mail: 1. ucsparana@iap.pr.gov.br

Telefone: 1. (41) 3213-3407 2. (41) 3554-1531

Índice

Localização

O Parque Estadual Serra da Baitaca está a cerca de 35 km da capital paranaense, Curitiba, e engloba áreas dos municípios de Quatro Barras e Piraquara. Ele é conhecido pela tradicional Missa do Trabalhador no Morro do Anhangava, além de proteger um dos trechos do Caminho do Itupava.

Como chegar

Pela BR 116 - sentido São Paulo. Entrar no município de Quadro Barras. Seguir a avenida principal até a bifurcação onde uma placa indica a direção para a Borda do Campo. Seguir para lá. Há placas indicativas do Caminho do Itupava. Seguindo-as chega-se ao trailer Base, onde os visitantes devem preencher um cadastro de visitação antes de começar os passeios.

Ingressos

A visitação no Parque Estadual Serra da Baitaca é gratuita e não há necessidade de agendamento.

Por ser um parque de montanha é necessário estar bem condicionado fisicamente e não é recomendado passeio em dias chuvosos.

Onde ficar

No entorno da região do parque encontram-se hotéis e pousadas.

Objetivos específicos da unidade

Conservar uma amostra do bioma Floresta Ombrófila Densa, incluídas as formações Floresta Ombrófila Densa Montana, Floresta Ombrófila Densa Alto-Montana, a fauna, solo e águas interiores; e promover atividades que não provoquem nenhuma alteração no ecossistema e dar sustentabilidade à preservação.

Histórico

Em 1995, como medida compensatória pela construção do contorno Leste, eixo integrante da BR-116, O Departamento Nacional de Estradas e Rodagem - DNER, incorpora uma proposta de criação de uma unidade de conservação (parque estadual) (STRUMINSKI, 2000, p. 22). E, em 5 de junho de 2002, pelo Decreto Estadual no 5.765:

"Art. 1° - Fica criado o Parque Estadual da Serra da Baitaca, com área total de 3053,21 ha, localizado nos municípios de Quatro Barras e Piraquara, […]."

Atrações

Atualmente, apesar de não contar ainda com uma infraestrutura receptiva adequada, dados da Secretaria de Turismo do Estado (SETU) demonstram uma crescente demanda de visitação no PESB entre os anos de 2007 e 2010. No ano de 2010 foi registrado o número de 10.958 visitantes, 149,2% a mais em relação ao ano de 2007, quando foram registrados 4.397 visitantes.

Na proposta de plano de manejo elaborada para o PESB foram pontuados alguns locais de interesse histórico e turístico presentes na Serra da Baitaca, colocando em evidência o potencial para o desenvolvimento de atividades relacionadas ao turismo no local, tais como caminhadas orientadas e trilhas interpretativas, utilizando como base os processos informais da educação ambiental.

Atualmente, estes locais de interesse turístico são os principais atrativos do PESB: o Caminho do Itupava e o Morro do Anhangava, que com seus 1.420m de altitude, é muito procurado por montanhistas e amantes da natureza. do seu cume pode-se avistar Curitiba, a represa do Capivari e a Serra do Mar.

O monitoramento dos visitantes que transitam nestes espaços é realizado nas bases do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), localizadas no início, no meio e ao final do Caminho do Itupava. As equipes revezam-se entre turnos para realizar o cadastramento dos visitantes e, em caso de necessidade, fornecem apoio acionando equipes de Bombeiros, Defesa Civil ou Polícia Ambiental.

Aspectos naturais

O Parque Estadual Serra da Baitaca está a cerca de 35 km da capital paranaense, preservando importante trecho da Floresta Atlântica em contato com a floresta de Araucárias. Abriga várias nascentes que fluem para represas de abastecimento público da região metropolitana de Curitiba.

Relevo e clima

O relevo,em geral, é montanhoso e o clima é subtropical.

Fauna e flora

O Parque abriga espécies como o sapinho dourado (Brachycephalus pernis), espécie endêmica, que se encontra no Livro Vermelho da Fauna ameaçada no Paraná e abrigo para o gavião tesoura (Elanoides forticatus), ave migratória que faz ninhos no morro.


A Serra da Baitaca está coberta em sua grande parte pela Floresta Ombrófila Densa em transição para a Floresta Ombrófila Mista.

Problemas e ameaças

O Parque abriga algumas espécie que se encontram no Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Paraná, como o sapinho dourado (Brachycephalus pernis).

Fontes

http://fepampr.org.br/docs/sumula-decreto-%205765-02.pdf

http://siaiweb06.univali.br/seer/index.php/rtva/article/view/5117/2682

http://www.mma.gov.br/areas-protegidas/cadastro-nacional-de-ucs/consulta-por-uc