Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual Ponta do Tubarão



Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual Ponta do Tubarão
Esfera Administrativa: Estadual
Estado: Rio Grande do Norte
Município: Macau e Guamaré
Categoria: Reserva de Desenvolvimento Sustentável
Bioma: Marinho Costeiro
Área: 12.946ha
Diploma legal de criação: Lei Estadual n° 8.349 de 18 de julho de 2003.
Coordenação regional / Vinculação: Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte - IDEMA.
Contatos: (84) 32321981/ (84)32321992

Índice

Localização

Diogo Lopes e Sertãozinho somam a maior parcela da população da Reserva inseridas no município de Macau e, as comunidades de Lagoa Doce, Mangue Seco I e Mangue Seco II fazem parte do município de Guamaré, consideradas as comunidades rurais da Unidade.

Como chegar

As principais vias de acesso às comunidades na área da Reserva são as rodovias BR 406 e as RN-401, RN-221 e RN-403.

Ingressos

Onde ficar

Os dois municípios dispõem de hospedagem, em geral pousadas.

Objetivos específicos da unidade

Preservar a natureza e, ao mesmo tempo, assegurar as condições e os meios necessários para a reprodução e a melhoria dos modos e da qualidade de vida e exploração dos recursos naturais pelas populações tradicionais , bem como valorizar, conservar e aperfeiçoar o conhecimento e as técnicas de manejo do ambiente, desenvolvidos por esta população.

Histórico

Atrações

A UC dispõe de trilhas terrestres e aquáticas com acompanhamento de guias turísticos nativos.

Aspectos naturais

Relevo e clima

Fauna e flora

A Fauna e a Flora da RSDSEPT é bastante diversificada, pois a Unidade apresenta áreas de Manguezal, Tabuleiros Costeiros, fragmentos de Mata Atlântica, Praias, Rios e Lagoas.

Problemas e ameaças

Conflitos de ocupação que envolvem desde a discussão dos limites e da forma de crescimento das comunidades, a regularização fundiária.

Fontes

IDEMA