Parque Natural Municipal Gruta do Bacaetava

O Parque Natural Municipal Gruta do Bacaetava, localizado no município de Colombo, região leste do estado do Paraná, com 17,35 ha, foi criado pelo Decreto Municipal nº 1.143, em 17 de setembro de 1999, ano em que foi realizado seu respectivo Plano de Manejo (PM).

A unidade foi criada com os objetivos de: conservar em estado natural uma amostra do patrimônio espeleológico da região representado pela gruta e seu entorno; proteger integralmente a fauna, a flora e demais recursos naturais; fomentar atividades de pesquisa científica e monitoramento ambiental; e possibilitar atividades de recreação, educação e conscientização ambiental.

A história da Gruta do Bacaetava tem início em meados do século XIX, quando foi descoberta quase que por acaso pelo imigrante italiano Antonio Gasparin que se deparou com ela enquanto procurava por um terreno para o plantio. Em seu testamento, Gasparin doou o terreno da gruta para a Igreja Matriz de Colombo com a condição de que fosse efetivamente protegida. A paróquia, por sua vez, o doou à Santa Casa de Misericórdia de Colombo que o vendeu ao município, condicionando a doação à criação de um parque ou similar. O primeiro registro formal da gruta aconteceu em 1889, quando, em Sebastião Paraná, foi relatada a visita de Olympio de Sá, antigo morador da região, à caverna (PREFEITURA MUNICIPAL DE COLOMBO, s.d.).

O termo “Bacaitava” é de origem indígena e que pode ser decomposta em ba = furada, oca = casa e ita = pedra, portanto, significando casa de pedra furada ou gruta (LEÃO, 1925 apud ECOSSISTEMA e GEEP-Açungui, 1999).

LOCALIZAÇÃO: Rua Antonio Gasparin, s/n Colombo, Paraná CONTATO: (41) 3656-5669 / 3656-6600 DIAS DE FUNCIONAMENTO: 4ª feira a Domingo, das 8h30 às 11h30 e 13h às 16h (último grupo sair da caverna 16h30, horário de fechamento do Parque).

  • Grupos com mais de 12 pessoas deverá ser feito o agendamento, obrigatoriamente.
Turismo colombo (discussão)16h53min de 13 de outubro de 2016